A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Março de 2019

28/10/2018 12:51

Autuado por beber nas eleições, homem soltou rojão e brigou com PM

Após ser levado para a sede da Polícia Federal, o homem foi autuado por perturbação

Geisy Garnes e Kísie Ainoã
Autuado por beber nas eleições, homem soltou rojão e brigou com PM
Suspeito chegando a sede da Polícia Federal (Foto: Kísie Ainoã)Suspeito chegando a sede da Polícia Federal (Foto: Kísie Ainoã)

Preso por ser flagrado bebendo durante as eleições deste domingo (28) na Vila Manoel Taveira, região oeste de Campo Grande, chegou a soltar um rojão em um dos pontos de votação do bairro e ainda entrou em luta com um policial militar. Após ser levado para a sede da Polícia Federal, o homem foi autuado por perturbação.

Conhecido como “Jarcem o Bebo”, de 33 anos, chegou a Escola Municipal Professora Eulália Neto Lessa, na Vila Manoel Taveira, bebendo um corote e ainda teria soltado um rojão, que comprou por R$ 0,35, no local. Conforme informações preliminares, o suspeito ainda teria entrado em luta com o policial militar que o notificou do crime.

Rendido pelos policiais, o suspeito foi levado para a sede da Polícia Federal, onde prestou depoimento, foi autuado por perturbação e em seguida liberado. “Por causa de 35 centavos me dei mal”, falou ao deixar a delegacia. Conforme informações preliminares, não foram registradas outros crimes eleitorais até o momento.

Assim como no primeiro turno, o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) adotou a “Lei Seca”, que restringe à venda de bebidas alcoólicas no Estado neste domingo das 3 às 17 horas.

A lei proíbe o consumo de álcool em estabelecimentos comerciais e locais abertos ao público, com exceção são os estabelecimentos que funcionam somente como restaurante no horário de almoço, das 11h30 às 14h30.

Portaria regulamentando a Lei Seca no segundo turno foi publicada nesta quinta-feira (25), prevendo também punições por descumprimento à legislação, considerado crime de desobediência, que prevê pena de detenção de três meses a um ano e pagamento de 10 a 20 dias-multa.

Autuado por beber nas eleições, homem soltou rojão e brigou com PM


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions