A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

24/04/2014 22:44

Azambuja diz que será candidato a governador se aliança com PT for vetada

Alan Diógenes e Zana Zaidan
Azambuja afirmou que desejo dele é de Delcídio é firmar uma aliança. (Foto: Marcelo Victor)Azambuja afirmou que desejo dele é de Delcídio é firmar uma aliança. (Foto: Marcelo Victor)

O deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou na noite desta quinta-feira (24) que será candidato ao Governo de Mato Grosso do Sul, caso o PT vete a aliança estadual entre os dois partidos. A declaração foi feita, por que no cenário político do Estado, existe a possibilidade do deputado se aliar ao senador Delcídio do Amaral (PT), para lançar sua candidatura ao senado, enquanto Delcídio seria candidato ao Governo.

Apesar do ex-presidente Lula (PT) ter proibido a aliança entre os dois partidos, e informado que não vai apoiar campanha eleitoral nos estados onde houver a parceria, Azambuja disse que ainda é desejo tanto dele, quanto o de Delcídio, andarem juntos nas eleições deste ano. Ele disse que irá aguardar até a próxima quarta-feira (30) para ter uma decisão definitiva das executivas do partido sobre o assunto.

Azambuja comentou que se a aliança com o senador Delcídio acontecer, dois palanques serão erguidos. “As pessoas precisam entender que os dois partidos estão conversando sobre isso faz muito tempo. Mesmo que a aliança seja feita, irei apoiar o candidato Aécio Neves a presidência e o Delcídio irá apoiar a Dilma”, destacou.

O deputado informou que se ele lançar sua candidatura ao governo, o PSDB vai ter decidir qual será o nome para sair ao senado. Sobre outras alianças, Azambuja disse que está conversando com diversos partidos. “Estamos conversando com o PPS, Solidariedade, PPS, PTB, SDD e outros partidos sobre as alianças.”, finalizou.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions