A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/07/2014 15:09

Azambuja se antecipa e evita encontro com Delcídio no TRE

Zana Zaidan e Ludyney Moura
Azambuja chegou antes de Delcidio ao TRE (Foto: Marcos Erminio)Azambuja chegou antes de Delcidio ao TRE (Foto: Marcos Erminio)

Candidato ao governo pelo PSDB, Reinaldo Azambuja chegou há pouco na sede do TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral), no Parque dos Poderes, para registrar as candidaturas da chapa. Acompanhado da esposa, Fátima, da vice, a tucana Rose Modesto, e do postulante ao senado Antônio João Hugo Rodrigues (PSD), Azambuja evitou o encontro com o ex-aliado Delcídio do Amaral (PT), que também disputa o governo.

Ambos haviam anunciado o registro das candidaturas no TRE às 14 horas. Azambuja chegou por volta das 14h15. A coligação “Novo tempo para Mato Grosso do Sul”, diz o tucano, pretende gastar R$ 25 milhões. Concorrem 24 deputados federais e 62 estaduais. PSDB, DEM, PPS, PSD e PMN concorrerão em chapa única. A meta é eleger três parlamentares no legislativo da União e outros oito no Estadual, acrescenta.

Campanha – Com o CNPJ da chapa, obtido após o registro no tribunal eleitoral, começa a ser distribuído o material de campanha. Como primeiro ato, os candidatos percorrem amanhã as feiras do Guanandi e região, além do Mercado Municipal.

“Sou candidato há 20 dias e o Reinaldo há 35, ainda estamos planejando a campanha”, disse Antônio João. “O que registramos hoje é resultado do que pensa a população do estado, que passou anos perdendo oportunidades. Agora, é hora de olhar para o futuro”, defende Azambuja.

Delcídio ainda não chegou ao TRE para registrar a chapa. O petista anunciou que irá acompanhado pelos presidentes dos 12 partidos que compõe sua coligação, PT, PR, PDT, PV, PTB, PTC, PCdoB, PROS, PRP, PSDC, PSL e PPL, e não revelou o número de candidatos nas composições proporcionais.

Às 16 horas é aguardado o candidato Nelsinho Trad (PMDB) que deve ter a companhia da candidata a vice-governadora, Janete Morais (PSB) e da candidata ao Senado, a vice-governadora peemedebista Simone Tebet.

A coligação de Nelsinho terá 168 candidatos a deputado estadual, distribuídos em três coligações. Uma só com o PMDB, outra com o PTN, e uma terceira formada pelo PSB, PT do B, PEN, PSC, PRB, PRTB e PHS. Outros 48 candidatos disputarão uma vaga na Câmara Federal, em duas coligações.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions