A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/04/2013 14:21

Bancada do PT do B aumenta com entrada de Osvane em lugar de Tita

Carlos Martins
A vinda de Osvane vai fortalecer o PT do B que passa a ter 3 deputados, diz Márcio Fernandes(Foto: Marco Miatelo)A vinda de Osvane vai fortalecer o PT do B que passa a ter 3 deputados", diz Márcio Fernandes(Foto: Marco Miatelo)

A bancada do PT do B na Assembleia Legislativa vai aumentar para três deputados com a posse do ex-prefeito de Dois Irmãos de Buriti Osvane Ramos, suplente do deputado estadual Diogo Tita (PPS), que deverá assumir como o novo prefeito de Paranaíba em lugar de José Garcia de Freitas, o Zé Braquiária (PDT), cassado ontem à noite pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral). Atualmente, o partido conta com os deputados Márcio Fernandes e Mara Caseiro. Assim como Tita, que aguarda convocação da Justiça Eleitoral para assumir a prefeitura, Osvane também espera ser chamado pela Assembleia.

“A vinda de Osvane vai fortalecer o partido. Vou ligar para ele hoje para marcarmos uma conversa”, disse o deputado Márcio Fernandes, que é vice-líder do Governo. No Estado, atualmente o PT do B tem 29 vereadores e dois prefeitos. Com a entrada de Osvane no grupo, o partido fica com três deputados e chega ao mesmo número de vereadores do partido que integram a Câmara Municipal de Campo Grande: Eduardo Romero, Flávio Cezar e Otávio Trad.

Com a saída de Tita, o PPS fica sem representante na Assembleia. A composição passa a ser a seguinte: PMDB continua com a maior bancada com 5 deputados, seguido pelo PT e PSDB com 4; PR e PTdoB com 3; e PDT, PP, PSL, PSDB e DEM, cada partido com 1 deputado.

De acordo com o deputado Márcio Fernandes, o PT do B deverá crescer ainda mais em mato Grosso do Sul. “Em breve teremos novidades. Outros prefeitos virão para o PT do B”, revelou. Este crescimento, em sua avaliação, é resultado do trabalho desenvolvido nos municípios. “Estamos presentes nas prefeituras, ao lado dos prefeitos, ajudando, auxiliando em suas visitas a secretarias em busca de recursos. É uma parceria que tem dado bons resultados para os municípios”, explicou.

Zé Braquiária foi cassado pelo TRE por causa de diversas irregularidades cometidas nas últimas eleições, entre elas, utilização do site da prefeitura para fazer propaganda irregular e distribuição de uma revista durante o período eleitoral. O advogado dele, Ary Raghiant Neto, deverá recorrer ao TSE para tentar reverter à decisão. A diplomação de Osvane Ramos deve ocorrer assim que o TRE publicar o acórdão com a decisão.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions