A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

08/07/2016 21:52

Bancada petista discute impeachment de Dilma na Assembleia Legislativa

Nyelder Rodrigues
Evento foi realizado no plenarinho da Assembleia (Foto: Divulgação)Evento foi realizado no plenarinho da Assembleia (Foto: Divulgação)

O processo de impeachment enfrentado pela presidente afastada Dilma Rousseff (PT) foi o tema de discussão nesta noite de sexta-feira (8) na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, durante o lançamento do livro "Resistência ao Golpe de 2016", em audiência pública proposta pela bancada petista do Estado.

"Houve uma ruptura do Estado democrático de Direito. A presidenta Dilma foi eleita com mais de 54 milhões de votos e não há contra ela crime de responsabilidade e isso tem que ser debatido com a sociedade", comenta o deputado estadual petista Pedro Kemp, durante a audiência Impeachment - Aspectos Legais.

Entre os participantes, está palestrante Tiago Botelho, professor da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e um dos autores do livro. "O livro 'Resistência ao Golpe de 2016' é a união de biografias de homens e mulheres que decidiram dizer não a um golpe de Estado", comenta o professor.

Botelho, que é professor doutor de Direito, conta que a obra mostra inúmeras perspectivas e viés sobre a situação. O evento foi acompanhado por cerca de 100 pessoas ,entre professores da área de Direito, militantes da Frente Brasil Popular MS Contra o Golpe, representantes de movimentos sociais e acadêmicos de diversas áreas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions