A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

28/05/2013 13:41

Bernal acusa promotor de não fazer justiça e exige providências no caso

Mariana Lopes e Jéssica Benitez

Depois de ataques pelo Facebook e de ir até o procurador procurador-geral de Justiça, Humberto Brittes, o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), disse desejar que o do promotor Alexandre Pinto Capiberibe Saldanha, da 30ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da Capital, seja afastado dos casos que investigam possível improbidade administrativa em atos do progressista.

Bernal acusou o promotor de ser parcial. “Existem situações que demonstram que o promotor não está lá para fazer justiça”, comentou o prefeito, na manhã de hoje, durante evento do Dia Sem Tabaco, no Parque do Sol. O chefe do Executivo disse que foi até o procurador-geral, na quinta-feira passada, para pedir providências, pois “o promotor Saldanha estabeleceu critério de culpa sem ter consciência da causa, porque já previu afastamento”, argumentou.

Questionado sobre o que pretendia com o requerimento que levou ao procurador-geral, Bernal disse que é a lei que vai determinar quais providencias podem ser feita. “Mas pode ser a retirada dele no caso e uma análise de responsabilidade do promotor”, afirmou.

Na última quinta-feira, dia 23, o promotor Alexandre Saldanha recebeu o relatório sobre os remanejamentos orçamentários, que somam mais de R$ 50 milhões, e explicou que, caso haja uma posição de concordância do Tribunal de Contas do Estado (TCE), poderá ingressar com uma Ação de Improbidade Administrativa contra Bernal, com pedido liminar de “afastamento” das funções públicas.



É SR. PREFEITO A BATATA TÁ ASSANDO.
ACORDA CG.....................................................
 
mario jivas em 28/05/2013 14:51:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions