A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

09/09/2013 18:05

Bernal pode responsabilizar merendeira por colocar carne com sebo em panela

Bruno Chaves

Durante entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira (9), o prefeito Alcides Bernal (PP) disse merendeiras de Ceinfs (Centros de Educação Infantil) podem ser responsabilizadas por carne estragada nas unidades educacionais. “Merendeira também tem que fiscalizar e não deve colocar carne estragada na panela”, disse o prefeito.

Bernal lembrou que uma sindicância para apurar as denúncias e os responsáveis por receberem carne com sebo e mau cheiro foi aberta pela Semed (Secretaria Municipal de Educação). “Vamos apurar a irresponsabilidade, se é que ela ocorreu”, afirmou.

Os fatos estão sendo apurados e as unidades educacionais já foram identificadas. O relatório da sindicância é realizado e deve ficar pronto em breve, quando será encaminhado para a Procuradoria do Município.

“O fiscalizador do produto que chega ao Ceinf é o diretor, que deve observar se tem qualidade e quantidade correta. Depois a merendeira tem que fiscalizar. A merendeira não deve colocar carne estragada na panela”, disse.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


A Culpa é de quem ?
Ela não poderia ter jogado fora ,preferiu fazer mesmo sabendo que estava com mau cheiro e estragado ,não sabia que precisava ter qualificação para perceber quando um produto esta estragado sem condições para o consumo.o que tem haver o processo administrativo se entregaram ou não alimento estragado outro problema a ser resolvido,agora uma funcionária chegar a colocar na panela mesmo sabendo que nao ia poder servir esse alimento .
Pra Que ??????????
 
glauciane coimbra barreiros em 13/09/2013 16:57:18
Não puxando brasa para a sardinha do prefeito, mas as merendeiras - que tem curso de manipulação de alimentos - podem e devem observar a qualidade da comida que estão produzindo sim. Se a carne, ou qualquer outro ingrediente, apresenta alguma alteração, elas devem acionar a direção do CEINF imediatamente e não cozinhar produtos que possam fazer mal às crianças. Afinal, os CEINFS são depositários fiéis das vidas das crianças que ali estão, qualquer coisa que acontecer a uma criança será responsabilidade da diretora, seja quem for o prefeito da cidade.
 
Lucia Goes em 13/09/2013 15:49:52
como sempre a corda arrebenta do lado mais fraco. E o SISEN, vai fazer o que? ficar parado enquanto o prefeito responsabiliza os servidores mais humildes por tudo o que acontece de errado nessa administração?
 
izilda pereira em 10/09/2013 07:55:18
Esse bernal, sempre culpando alguém, e agora a corda vai arrebentar para o lado mais fraco, a sindicância vai logicamente, apontar culpa de diretores e merendeiras....tadinho do bermal! tao injustiçado!
 
daniela dias em 10/09/2013 02:22:16
Boa noite, primeiro que a merendeira não tem formação profissional para analisar alimentos, teria que ser feito a fiscalização e acompanhamento por uma nutricionista ou alguém responsável, agora se a empresa que foi contratada entrega carne nessas condições, não deveria nem continuar pois seria a mesma coisa que comprar carne estragada no supermercado e ficar quieto, pois nenhuma atitude do senhor prefeito foi tomada contra essa empresa, é mais fácil cobrar das merendeiras.
 
wallace rosa reis em 09/09/2013 23:22:38
Pronto !... acharam a culpada...a humilde merendeira. Coitada, se avisa que a carne esta com problema e demetida se fica quieta e culpada....E vamos que vamos aguentando a incompetência de uma Prefeitura ..." OOHH! ...NERSO !...SOCORRO!".
 
Vera Lucia Dias em 09/09/2013 20:57:56
tem que investigar se foi mandado por alguém.
 
cesar lopes em 09/09/2013 20:54:26
Coitadas das merendeiras, agora é culpa delas se estão enviando carne de terceira para os Ceinfs, porque para as creches nunca foi carne de primeira, muito menos de segunda, vai nervo puro ou como algumas colegas diziam rebutalho. Será que compram gato por lebre e mandam para os Ceinfs? Será que quem faz licitação, compra e paga não fiscaliza o que paga? Agora é culpa das merendeiras.
 
Andreia Leite em 09/09/2013 20:00:06
É o Bernal tá sem noção mesmo. Ele faz o tal contrato com uma empresa quase inexistente que "atravessa" a compra da alimentação da merenda escolar, defende a mesma com unhas e dentes (muito "misterioso" isto), os seus secretários defendem a tal empresa e agora os culpados pela eca que fizeram são as merendeiras. É para rir ou chorar, diante de atitudes tão patéticas. Que a cassação ocorra logo, o ridículo tá tomando conta da "REPÚBLICA DO BERNAL".
 
rita de cassia torres em 09/09/2013 19:05:18
Sempre assim, ele não tem culpa de ter contratado uma empresa que fornece o alimento estragado, a empresa que ele contratou não tem culpa de entregar alimento estragado.
O culpado é o diretor do CEINF ou é a pobre da merendeira, que não viu o alimento estragado.
A culpa nunca é do prefeito, ou da empresa que ele contratou...
Vamos pensar um pouco minha gente, temos que aceitar isso mesmo???
 
anderson luiz ferreira dos santos em 09/09/2013 18:47:31
Acho que o andre tem razão. O Sr. prefeito deve procurar ajuda médica. a coitada da merendeira, ganha R$700,00 por mes, trabalha pesado e ainda tem que aguentar esta?? Manda a salute (que deve ser da turma do prefeito) mandar comida não estragadA...
Acorda CG...... isto já virou PALHAÇADA.
 
joão modesto em 09/09/2013 18:16:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions