A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

19/08/2014 13:57

Bernal também usa programa eleitoral de TV para atacar adversários

Leonardo Rocha
Bernal também utiliza programa de TV para lembrar de sua cassação (Foto: Arquivo)Bernal também utiliza programa de TV para lembrar de sua cassação (Foto: Arquivo)

O ex-prefeito e candidato ao Senado, Alcides Bernal (PP), também utilizou o programa eleitoral de TV, em um espaço dedicado aos candidatos a deputado federal, para relembrar o episódio de sua cassação, assim como atacar os adversários, afirmando que cassaram o mandato do povo. Ele já havia usado o programa de rádio, durante a manhã, para fazer os mesmos ataques.

“Muitos dos representantes do legislativo defendem seus próprios grupos políticos, foi o que aconteceu em Campo Grande, quando cassaram o mandato do povo”, afirmou ele, durante o programa eleitoral. Bernal ainda ressaltou que o PP resolveu sair com chapa pura, nesta eleição, e que nenhum dos candidatos do partido irão oferecer vantagens aos eleitores e sim “apenas propostas”.

O ex-prefeito citou que sua legenda não tem “medo de enfrentar grupos econômicos”. Depois ele fez a apresentação dos candidatos (deputados federais), sem que estes fizessem qualquer discurso.

De acordo com a assessoria, não houve nenhum ato ilegal de Bernal, já que não pediu voto para ele, além de apresentar os candidatos na função de presidente estadual do PP.

Bernal teve sua candidatura indeferida pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), justamente em função de sua cassação. Ele recorreu da decisão no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Discursos – Assim como fizeram no primeiro programa eleitoral no rádio, os candidatos a deputado federal, em Mato Grosso do Sul, repetiram os mesmos discursos na televisão, ressaltando propostas para saúde, educação, geração de empregos e o compromisso com a ética e lisura, sem corrupção.

Houve os discursos para segmentos específicos, como mulheres, indígenas e evangélicos, além de citar grandes regiões do Estado e se colocar a disposição para serem eventuais representantes. Os candidatos que buscam a reeleição ressaltaram os projetos e trabalhos que já foram desenvolvidos, enquanto que os “novatos”, defenderam a renovação na política.

Os programas eleitorais para rádio e TV foram divididos da seguinte forma: segundas, quartas e sextas para os candidatos ao governo estadual, Senado e deputado estadual. Já às terças, quintas e sábados serão destinados aos candidatos a presidência da república e deputados federais.



É inacreditável que esse cara tenha conseguido ser candidato novamente e ainda por cima achar "gente" que vote nele. É por isso que o país tá uma maravilha, esse cara tinha que estar na cadeia e tá ai concorrendo. Se fez o que fez com uma cidade, imagine se for eleito agora?
 
João Nelson de Oliveira em 19/08/2014 18:52:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions