A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/04/2013 15:53

Bernal teme "instrumentalização" do Tribunal de Contas pela oposição

Zemil Rocha
Bernal participando de convenção do PP hoje em Brasília (Foto: Divulgação no Facebook)Bernal participando de convenção do PP hoje em Brasília (Foto: Divulgação no Facebook)

O prefeito Alcides Bernal (PP) espera que o Tribunal de Contas do Estado haja com imparcialidade na Inspeção Extraordinária nas contas da Prefeitura de Campo Grande, aprovada ontem por unanimidade. “Não gostaria que o Tribunal de Contas do Estado fosse instrumentalizado pelos partidos políticos que fazem oposição ao nosso governo”, afirmou o progressista, que está hoje em Brasília, participando de convenção nacional de seu partido. O tom crítico é o mesmo que Bernal fez há algumas semana sobre o Ministério Público do Estado (MPE), que também investigar seus atos financeiros.

Diante da suspeita de irregularidades em investigação preliminar, técnicos do Tribunal de Contas do Estado (TCE) vão voltar à prefeitura para analisar documentos relativos à contratação do Posto Emanuelle Ltda, após cancelamento de licitação que tinha sido realizada na gestão de Nelsinho Trad (PMDB). A contratação inicial foi de R$ 855 mil por prazo de seis meses, suplementada por nova compra de cerca de R$ 400 mil para atender à Secretaria Municipal de Saúde.

Também serão investigadas as transferências de rubricas orçamentárias, que já totalizam R$ 40 milhões. A prefeitura as chama de “suplementações” e garante que estão dentro do limite de 5% imposto pela Câmara, podendo chegar a R$ 135 milhões. Já os vereadores consideram que se tratam de “remanejamentos”, que deveria passar por prévia autorização legislativa.

Quanto à preocupação com a partidarização do Tribunal de Contas, Bernal argumentou que o conselheiro Waldir Neves, que foi relator do Pedido de Averiguação Prévia das contas da prefeitura, já foi a principal liderança dos tucanos no Estado. “Waldir foi presidente do PSDB”, lembrou o prefeito. Além disso, observa que pouco antes da ofensiva do TCE houve a decisão do PSDB regional, comandado hoje pelo deputado federal Reinaldo Azambuja, de se afastar de sua administração. “Foi cogitado rompimento do PSDB com nossa administração e isso nos preocupa”, apontou.

Apesar do alerta, o prefeito disse que confio na capacidade e bom senso dos técnicos do Tribunal de Contas e do conselheiro Waldir Neves. “Vou fazer visita ao Waldir no Tribunal de Contas e espero que ele também nos procure quando tiver dúvidas”, afirmou Bernal, enaltecendo o fato de ter dado opinião de que não há irregularidade na suplementação orçamentária, embora o Ministério Público Especial junto ao TCE tenha considerado que o tema ainda é “controverso”.

Quanto ao contratado de compra de combustível, Bernal garantiu que não há nenhuma irregularidade. “Está dentro do momento em que estamos vivendo de situação de emergência e o preço é o da bomba, a litragem é a necessária para nossa frota continuar andando”, assegurou.

Sobre o questionamento de ausência de “impessoalidade” na compra, já que houve preterição de outros habilitados no processo licitatório que acabou sendo cancelado, Bernal afirmou que ninguém ficou prejudicado. “A gente não pode prejudicar o serviço público, ainda mais quando estamos enfrentando a dengue. Não houve prejuízo a ninguém. E depois que essa fase passar, vamos fazer licitação como deve ser feita”, declarou.



Nossa essa perseguição ao prefeito esta ficando chata já, perco até a vontade de ler esse jornal eletrônico, o proprietário deve ser politico da oposição só pode... vamos esquecer a perseguição um pouco... ficando chato todo dia umas 3, 4 noticias envolvendo o mesmo assunto: " O Bernal e bla bla bla"
 
TIAGO AMARAL em 12/04/2013 08:35:54
SO VIVE VIAJANDO ATRAS DE NADA ,CADE A OPOSICAO,VAMOS CASSAR O MANDATO DELE ANTES DE AFUNDAR COMO AQUI EM DOURADOS NA ERA DO ARTUZI
 
alexsandro lino aristimunho em 12/04/2013 08:32:53
Aos que dizem que 3 meses é pouco para "colocar a casa em ordem" olhem o que a reportagem mostrou nessa matéria...

http://www.campograndenews.com.br/politica/crises-nos-100-dias-de-bernal-ha-8-anos-nelsinho-anunciava-45-obras

Acho que tem uma grande diferença entre perseguição politica e incompetência!
 
Raquel Seffrin em 12/04/2013 07:52:27
Como os apaixonados e desmamados, esquecem rápido da verdade; na administração passada, o chefe vivia viajando até para os EUA e muitas vezes para ser premiado por algo que nunca foi verdade.
 
luiz alves em 12/04/2013 07:50:40
Antes de falar de licitação, procure saber como funciona as licitações, quem ganha e porque ganha a licitação. O que esse camarada fez na campanha para que ganhe a licitação e você que não fez, nunca vai ganhar uma. Investigue aí vc vai dar razão a esse prefeito que entrou. Isso é tão grave que só sabendo para falar.
 
luiz alves em 12/04/2013 07:46:04
O que acho mais engraçado é que ontem o Bernal me fala que tem uma sala disponível para o TCE usar para fazer as averiguações como ele gosta de chamar de sala da transparência e agora já ta falando em jogo politico. Prefeito em 30 dias eu vejo que o Sr já foi em Brasilia 3 vezes, agora vem me falar em imparcialidade.

Eita Prefeito turista.
 
Carlos Silva em 12/04/2013 07:42:28
Em vez de ajudarem o prefeito administrar a nossa campo grande ficom procurando chefres em cabeça de cavalo, porque não se unem as forças dos eleito pelo povo e lutem contra os problemas que á em nossa cidade,com essa guerra quem paga somos nós e a maioria deles não estão nem ai, só queriam nossos votos.
 
Ademilson Alves De Lima em 12/04/2013 07:39:51
Disse-o bem Ronaldo Leal. Como é possível julgar os trabalhos do prefeito somente nos quatros meses de mandato? Outra coisa. Qualquer nalfabeto sabe que tanto a Câmara de vereadores e o Tribunal de Contas são paus mandados do ditador Pucinelli. Ísso tudo esse boicote é orquestrado. Srs. Vereadores! Que tal vcs também trabalherem mais e sacanearem menos? Vcs do Tribunal de Contas. Quem colocou vcs ai como auditores? Ex políticos ocupando cadeiras com o aval do governador. A população está saturada de politicagem e mentiras. Daremos o troco nas urnas.
 
jose maria santos em 12/04/2013 07:24:50
só a população pode dar um jeito nisto é saindo as rua para dar apoio ao prefeito . e dando um recado ao sr. governador e seus cupinchas que não é burra não.
 
haroldo jose fernandes nogueira em 12/04/2013 06:57:38
PORQUE SERÁ QUE O prefeitinho bernal ESTA PREOCUPADO? QUE NÃO DEVE NÃO TEME ... KKK
 
ELY MONTEIRO em 12/04/2013 06:03:30
Concordo com o Ronaldo Leal, cadê a CPI da Saúde? Pq não aprovaram? Esse PMDB quer a Prefeitura de volta a qualquer preço.
 
CRISTINA PEREIRA em 11/04/2013 23:26:31
nosso hospital esta totalmente abandonado, a onde esta os dois médicos que era os responsáveis.isso ninguém fala.
 
pedro amaral em 11/04/2013 23:04:01
Eu acho que tem que ter nova eleição em CAMPO GRANDE!!!
 
tony ueno em 11/04/2013 20:39:50
Infelizmente o prefeito está começando a pagar caro por sua ousadia. Assumiu a prefeitura e está administrando-a com ódio, achando que seus desmandos vão ficar sem respostas. Posso elencar várias cagadas já feitas por ele, como por exemplo: Compras sem licitações, alegando situação de emergência; nepotismo; contratação de pessoal sem concurso; nomeação de apadrinhados... sem contar a revogação de ato de nomeação de profissionais APROVADOS EM CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS na área da saúde.
Quer o que? melzinho na chupeta?
 
Carlos Alberto oliveira em 11/04/2013 19:21:24
"que está hoje em Brasília, participando de convenção nacional de seu partido."

Acho que ele ainda não viu que é prefeito e não candidato, fora que Campo Grande, esta precisando de um prefeito que esteja presente, parece que ele foge das responsabilidades, não é a primeira vez que faz viagens fúteis.
 
Stephano Silvesso em 11/04/2013 18:12:33
A minha indignação é tão grande com essa politicagem que fazem a um cidadão que foi votado pelo povo e que na vez de ajudarem o Alcides a administrar a nossa querida CG ficam só difamando.

 
Maria Fatima Bagnoli. em 11/04/2013 17:36:56
Meu caro Ronaldo Leal, talvez seja esse o problema, o Bernal não está trabalhando, por isso tanta procupação com ele, se ele trabalhasse mais e falasse menos acho que isso não aconteceria.
 
Sidnei Arioza em 11/04/2013 17:07:46
Então, quem fica arrumando argumentos antes da hora e se defendendo antecipadamente, quer jogar a culpa em cima dos outros. Num era melhor que esperasse o final e se defender ou argumentar??? Como todos fizeram?? Sem estrelismo. Primeiro ele culpa, coloca duvidas, e fica se defendendo antes da hora. Muito estranha atitude.
 
silvia guimaraes em 11/04/2013 17:05:48
Engraço é como quem não conhece uma instituição vem dar uma opinião sobre um assunto tão sério assim.
O Prefeito pode trabalhar a vontade, mas dentro das regras legais.
Aliás, como andam os CEINF's, a Agetran, a Agência de Saúde, a SAS e tantos outros órgãos? Como andas as manutenções das vias públicas, uma vez que os contratos com as empreiteiras foram elevados financeiramente???? E está correto cancelar uma licitação sem justificativa plausível e comprar combustível com dispensa de licitação alegando emergência?
 
Roberto Manvailer Munhoz em 11/04/2013 17:05:01
Engraçado porque sera que o MPE e o TCE nao se preocupava tanto assim com a prefeitura de Campo Grande nos anos anteriores, concordo que se deva investigar as administrações das prefeituras, mas o que estão fazendo com o prefeito de Campo Grande é um absurdo, vereadores, MPE, TCE, etc todo mundo secando o prefeito. Até parece que querem a prefeitura de volta a qualquer preço.
Deixem o prefeito trabalhar, quero ver que administrador organiza uma empresa do porte de Campo Grande em apenas 3 meses?
Senhores vereadores CADE a CPI da saude, pq vcs nao aprovaram..?
 
Ronaldo Leal em 11/04/2013 16:26:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions