A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

18/05/2010 15:20

Briga sobre casas em Corumbá ganha vídeo na internet

Redação

Um vídeo disponibilizado nesta terça-feira na internet mostra as declarações do governador André Puccinelli (PMDB) e do prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha (PT) sobre a construção de casas no município. Na gravação, de abril de 2008, Puccinelli solicita área para construir 500 moradias e o prefeito Ruiter garante que em 30 dias os terrenos estariam disponíveis.

Na sessão da Assembleia Legislativa de hoje, o deputado estadual Carlos Marun (PMDB) apresentou o vídeo para comprovar a "promessa", e esquentou o debate sobre a polêmica construção das casas em Corumbá. O deputado Paudo Duarte (PT) contestou a exibição, dizendo que a Assembléia "não é lugar para discussão política".

Na gravação, o governador André Puccinelli pede à prefeitura que faça doação de terrenos para construção de 500 casas com recursos próprios do governo estadual, sem contrapartida do município.

Em resposta, o prefeito Ruiter Cunha (PT) se compromete a entregar a área até o final de maio de 2008. "O senhor terá o terreno em 30 dias se construir mais 500 casas para Corumbá", diz Ruiter, pleiteando "não só 500, mas 1.000 casas para Corumbá".

O vídeo, postado por Andressa Ribeiro, dá enfase aos pontos em que o prefeito assume compromisso. Com uso de caracteres, ressalta que não foi cumprida a promessa e que o governo interveio para iniciar as obras.

A construção de 1.200 casas em Corumbá é uma das obras emblemáticas que compõem o MS Forte, o pacote de ações lançado em outubro de 2009 no total de R$ 2,3 bilhões.

Para erguer as casas do Residencial Conquista Guatós, o governo do Estado precisou reaver uma área de Corumbá, que estava sob administração da prefeitura.

Veja abaixo o vídeo exibido na sessão da Assembleia Legislativa:

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions