A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/12/2012 14:49

Câmara aprova reajuste e salário de Bernal será de R$ 20,8 mil

Fabiano Arruda e Helton Verão
Parlamentares aprovaram projeto por unanimidade nesta sexta. (Foto: Rodrigo Pazinato)Parlamentares aprovaram projeto por unanimidade nesta sexta. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Vereadores aprovaram por unanimidade (19 votos), o aumento de 31% no salário do prefeito eleito de Campo Grande, Alcides Bernal, que vigora a partir de 1º de janeiro. O projeto de resolução da Mesa Diretora da Câmara era uma das principais pautas da sessão extraordinária nesta sexta-feira, a última do ano.

Com isso, o salário será de R$ 20,8 mil. O atual prefeito, Nelsinho Trad, recebe R$ 15,8 mil mensais.

O percentual de 31% foi definido em consenso entre os parlamentares ontem (20), mas havia a possibilidade de ser modificado antes da votação nesta sexta. Contudo, em nova reunião durante a sessão de hoje, eles sacramentaram acordo em torno do percentual para aprovação.

“Acredito que o prefeito tem que ter o salário maior que os vereadores. Tem prefeito do interior que recebe R$ 25 mil”, declarou o presidente da Casa, Paulo Siufi (PMDB).

Com a aprovação do reajuste, os salários do vice-prefeito da Capital, dos 11 secretários municipais, de 52 auditores da Receita Municipal, além de pelo menos três médicos da rede pública de Saúde e outros dois servidores da Educação, também sofrem aumento, o que deve fazer o custo da folha do funcionalismo público da Capital ficar cerca de meio milhão mais cara a partir do ano que vem.

O aumento do salário do prefeito deveria tramitar na Câmara em forma de mensagem do Executivo, no entanto, como isso não ocorreu, os vereadores utilizaram da prerrogativa de criar o projeto de resolução sob o argumento de que o vencimento está congelado desde 2006.

A discussão sobre o novo ganho do chefe do Executivo Municipal ganhou força depois que os vereadores também tiveram aumento. Além disso, servidores da Prefeitura pressionaram pela aprovação da matéria, já que possuem ganhos atrelados ao do prefeito.

Ontem (20), Bernal reforçou que não pediu, nem gostaria que seu salário tivesse reajuste. Além disso, definiu que a aprovação do projeto vai beneficiar apenas uma minoria de servidores públicos municipais. Ele ainda considerou, por meio de sua página no Facebook, a atuação dos vereadores como egoísta e repugnante.



Agora eu quero ver, c/ esse baita salario tem mais eh q trabalhar cara....... e parar de reclamar e fazer o bonde andar certo so isso......e.... cumprir promessa feito na campanha eh o q o povo q te elegeu deseja, boa sorte.
 
saeko suzuki em 22/12/2012 08:14:12
Como pessoa sensata que o Bernal diz que é, ele não deveria aceitar um aumento desses que, inclusive aumenta o salario dos vereadores. OLHA O CIRCO DE NOVO.
 
JOSE PEREIRA FILHO em 21/12/2012 23:04:40
para o povo ver, se fosse aumento dos professores, medicos, bancarios, correios e outros... nao seria aprovado o aumento tão rapido assim como foi dos vereadores e do prefeito. é claro que eles la dentro vão a favor deles e nunca contra...... povo que se dane.
mudança na cidade nada, no meu bairro faz um mes que nao limpam a rua, uma praça o mato toma conta.
 
anderson dias em 21/12/2012 17:27:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions