A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

15/09/2014 11:43

Câmara de Vereadores pode mudar Regimento para permitir reeleição de presidente

Helio de Freitas, de Dourados
Sessão no legislativo douradense, que avalia mudança no Regimento Interno. (Foto: Thiago Morais/Câmara de Dourados)Sessão no legislativo douradense, que avalia mudança no Regimento Interno. (Foto: Thiago Morais/Câmara de Dourados)

A Câmara de Vereadores de Dourados deve iniciar nos próximos dias a discussão sobre uma mudança no Regimento Interno da Casa para permitir a reeleição do presidente do Legislativo. Nos bastidores do Legislativo a conversa já rende muitos comentários.

O atual presidente da Câmara, Idenor Machado (DEM), confirmou nesta manhã que a proposta será apresentada em plenário para discussão. Dourados tem 19 vereadores.

O assunto, entretanto, deve gerar polêmica no Legislativo douradense. A proposta de mudar o Regimento Interno para permitir a reeleição não tem apoio de todos os vereadores, já que alguns manifestam intenção de disputar a cadeira ocupada por Idenor Machado na eleição da nova mesa diretora, marcada para o fim do ano.

Conforme o artigo 15º do Regimento Interno, o mandato de presidente da Câmara é de dois anos sem direito à reeleição. O presidente só pode concorrer ao cargo de forma consecutiva ao iniciar um novo mandato de vereador.

Idenor Machado disse nesta segunda-feira que a Câmara de Dourados é uma das poucas de Mato Grosso do Sul a vetar a reeleição do presidente. Ele afirmou não ter a intenção de lançar seu nome como candidato caso a mudança seja aprovada, mas também não descartou concorrer “se a maioria dos vereadores entender que eu deva continuar na presidência”.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions