A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

05/02/2018 10:42

Câmara gasta R$ 444 mil com assessoria contábil e de licitações

Falta de servidores gerou contratação e concurso está em estudo

Kleber Clajus
Objetivo dos contratos, conforme o presidente do Legislativo Evander Vendramini, consiste em cumprir exigências do TCE (Foto: Ascom/Câmara Municipal de Corumbá)Objetivo dos contratos, conforme o presidente do Legislativo Evander Vendramini, consiste em cumprir exigências do TCE (Foto: Ascom/Câmara Municipal de Corumbá)

A Câmara Municipal de Corumbá, distante 419 quilômetros de Campo Grande, contratou a empresa Simpa Assessoria & Planejamento Ltda-EPP por R$ 444 mil destinada a serviços de consultoria em licitações, contratos administrativos e contabilidade. Prazo será de doze meses, conforme publicação nesta segunda-feira (5) no Diário Oficial do Estado.

Empresa foi definida, por meio de tomada de preços, recebendo por dois contratos montante de R$ 37 mil por mês. Processo foi ratificado, em 18 de janeiro de 2018, pelo presidente da Casa de Leis Evander Vendramini (PP). O amparo legal diz respeito a Lei Federal nº8666/93, também conhecida como Lei das Licitações. Prazo de vigência seria de um ano.

Um dos contratos contempla a prestação de serviços de assessoria contábil, abrangendo as áreas orçamentária, financeira, recursos humanos e acompanhamento de processos no TCE (Tribunal de Contas do Estado). Outro prevê ainda a assessoria e consultoria em licitações e contratos administrativos para a Câmara Municipal de Corumbá.

Vendramini justificou, a reportagem do Campo Grande News, que a contratação decorre da ausência de servidores especializados no Legislativo. “Exigências do TCE são muito grandes e precisamos de assessoria para não cometer nenhum erro. Temos somente um contador”.

Concurso - O presidente da Casa de Leis disse possuir 12 servidores concursados, o que motivou estudo para abertura de concurso público no segundo semestre deste ano. Seriam ao menos 25 vagas, com possibilidade da Fapec (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura) assumir a realização do certame. "Precisamos suprir áreas deficientes", frisou.

Dentre os possíveis cargos estão vagas de contador, operador de som, motorista, além das áreas administrativas que podem incluir telefonista e digitador. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions