A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

25/09/2019 14:21

Câmara prorroga período de teste e ponto eletrônico passa a valer nesta quinta

Segundo ato da mesa diretora, os servidores só poderão justificar esquecimento três vezes por mês

Fernanda Palheta
O sistema começou a funcionar no dia 26 de julho
(Foto: Fernanda Palheta)O sistema começou a funcionar no dia 26 de julho (Foto: Fernanda Palheta)

Os servidores da Câmara Municipal ganharam mais um mês para se adaptar ao ponto eletrônico. Ato da mesa diretora da Casa de Leis, publicado nesta quarta-feira (25), no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), prorroga até amanhã (26) a fase de teste de registro e controle de frequência.

O sistema começou a funcionar no dia 26 de julho e passou a operar “para valer” no dia 26 de agosto. Mas devido a dificuldade na adequação dos cerca de cerca de 500 funcionários, que antes assinam folha de presença, o último mês passou a ser considerado “experimental”.

De acordo com o ato da mesa diretora, os registros irregulares entre o dia 25 de agosto e 25 de setembro serão “extraordinariamente abonados”. O texto ainda aponta que não serão abonadas as faltas injustificadas, que “serão lançadas” e descontadas.

O ato da mesa diretora ainda regulamenta os futuros deslizes. Os servidores que se esquecerem de bater o ponto poderão justificar a irregularidade, por escrito, apenas três vezes por mês. Caso o servidor esqueça de bater o ponto mais de três vezes por mês, os demais esquecimentos serão descontados.

Presidente da Câmara Municipal, vereador João Rocha (PSDB) (Foto: Fernanda Palheta)Presidente da Câmara Municipal, vereador João Rocha (PSDB) (Foto: Fernanda Palheta)

“É uma questão de ajuste, de ajuste de funcionamento, de ajuste do mecanismo, do equipamento. Tudo que é novo é necessário que tenha um período para que possamos fazer todas as adaptações. Temos que estar flexível no sentido de buscar o melhor funcionamento para que a gente tenha eficiência e eficácia em todas as ferramentas e procedimentos na Casa. É nesse sentido que fizemos essas prorrogação”, justifica o presidente da Câmara, o vereador João Rocha (PSDB).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions