A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

09/06/2015 13:52

Câmara rejeita projeto para registro de cães e gatos por empresa e gera polêmica

Juliana Brum
Base representada por Edil Albuquerque foi vencida durante a votação (Foto - Marcelo Calazans)Base representada por Edil Albuquerque foi vencida durante a votação (Foto - Marcelo Calazans)

Projeto que autoriza o poder Executivo Municipal a ceder a concessão do registro de cães e gatos às empresas terceirizadas que cobrariam a tarifa do cadastro, gerou polêmica durante a sessão desta manhã (9), na Câmara Municipal. 

O Projeto foi arquivado com 14 votos, contra 10 votos da base que pediam a tramitação. Dentre os vereadores que votaram sim para que ele fosse tramitado foram: Edil Albuquerque (PMDB), Carlos Borges "Carlão"(PSB), João Rocha (PSDB), Erculano Borges (SD), Chocolate (PP) dentre outros.

A vereadora Carla Stefanini (PMDB) declarou que gostaria de entender o real critério do projeto e justificou: "Eu gostaria de entender melhor o espirito desta lei para saber se é de preservar os animais ou fazer um caixa mediante a crise que a administração enfrenta. O meu voto é não" disse Carla.

O líder do Prefeito, o vereador Edil Albuquerque pediu que tivesse uma intervenção e que fosse dado um prazo maior, mas o presidente da Câmara Mario César recusou o pedido afirmando que já havia tramitado por todas as comissões da Casa e declarou que colocaria em votação,sim. O vereador João Rocha (PSDB), ainda tentou justificar que faltava menos de cinco minutos do término da sessão, mas a solicitação não foi aceita.

"Não pode concentrar tudo no poder público, por isto o projeto é legitimo" disse Edil (PMDB).

O vereador Alex (PT) destacou que deve haver uma maior conscientização dos donos de animais e apoiou o pedido de audiência pública solicitado pelo vereador Eduardo Romero (PTdoB) para ampliar a discussão.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions