A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

30/09/2014 13:33

Câmara se propõe a refazer projetos vetados por Olarte

Kleber Clajus
Líder do prefeito, João Rocha, defende que propostas sejam refeitas por vereadores (Foto: Kleber Clajus)Líder do prefeito, João Rocha, defende que propostas sejam refeitas por vereadores (Foto: Kleber Clajus)

Os vereadores de Campo Grande mantiveram, nesta terça-feira (30), quatro vetos do prefeito Gilmar Olarte (PP). As propostas, que serão reformuladas, incluem a proibição de pesca em lagos públicos, cobrança de taxa de asfalto de pessoas idosas e a criação do Procon municipal.

Durante encontro pela manhã com os parlamentares, Olarte ressaltou que os vetos “não são políticos, mas para o que é bom para a cidade”. Ele também reforçou necessidade de maior interlocução com o Legislativo para evitar o barramento de outras propostas.

Paulo Pedra (PDT) criticou a “falta de coerência” nos vetos, uma vez que grande parte foi elaborada pela base aliada do progressista. Ele chegou a dizer que vai “negociar com o próximo prefeito” a continuidade do projeto do Procon municipal, em clara insatisfação com veto do chefe do Executivo.

“Temos que ter um entendimento pelo momento que passa a prefeitura e, havendo significância, os projetos devem ser reapresentados”, defendeu o líder do prefeito, João Rocha (PSDB).

Seguindo nesse sentido, Eduardo Romero (PT do B) se comprometeu a reformular proposta de pesca para limitá-la somente a Lagoa Itatiaia, no Bairro Tiradentes, uma vez que o projeto original previa proibição em todas as lagoas públicas do município. A medida visa garantir respeito à legislação ambiental.

Outros projetos – Ainda durante a sessão, os parlamentares aprovaram doação de área de 6.256,8199 metros quadrados ao TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral), no Bairro Desbarrancado, além de aprovar em regime de urgência a instituição do Plano de Aplicação de Recursos do Fundo de Investimentos Sociais e declaração da FEUMAMS (Federação Estadual das Uniões de Associações de Moradores Entidades Comunitárias de MS) como entidade pública.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions