A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

16/08/2014 13:47

Candidato quer implantar porto seco em Três Lagoas

Ludyney Moura
Reinaldo quer construir porto seco em Três Lagoas para aumentar competitividade do Estado (Foto: Divulgação/Chico Ribeiro)Reinaldo quer construir porto seco em Três Lagoas para aumentar competitividade do Estado (Foto: Divulgação/Chico Ribeiro)

O candidato do PSDB ao governo do Estado, deputado federal Reinaldo Azambuja, afirmou durante visita à região do bolsão, que vai priorizar, se eleito, a implantação de um porto seco no município de Três Lagoas, principal centro de produção dos produtos de exportação de Mato Grosso do Sul.

O local seria um entreposto no qual as fábricas, empresas e indústrias da região receberiam incentivos fiscais diferenciados, para aumentar a competitividade de Mato Grosso do Sul no cenário nacional e internacional. Segundo Reinaldo, Três Lagoas concentra 30 das 40 empresas exportadoras e importadoras do Estado.

"Temos que criar uma legislação tributária diferenciada para a implantação de um porto seco em Três Lagoas, potencializando ainda mais o desenvolvimento dessa região. Temos que ampliar a presença do Estado para facilitar a atração de negócios para que as pessoas de Três Lagoas e região possam ter cada vez mais oportunidades de trabalho e renda", disse.

O candidato apresentou à população do leste do Estado, uma de suas metas de campanha, a de pôr fim ao ICMS Garantido, que incide sobre micro e pequenas empresas. “Devido à alta carga de impostos, as pessoas atravessam nosso estado para comprar em São Paulo, no Paraná ou no Paraguai. Quem perde é o comércio local, que deixa de gerar renda e emprego para a população", disse o tucano.

Para atingir seu objetivo, Reinaldo quer que o Estado, em seu possível governo, invista em qualificação da mão de obra nos municípios que receberem incentivos estatais e aporte de novas indústrias. “Hoje, os melhores postos de trabalho ficam para as pessoas que vêm de fora. Isso não pode acontecer. Vamos também mexer nos incentivos fiscais, incluindo uma contrapartida das empresas que queiram se instalar em Mato Grosso do Sul", finalizou o candidato.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions