A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

26/08/2016 07:40

Candidatos estreiam nas rádios com homenagens e corrida contra o tempo

Aline dos Santos
Candidatos se apresentaram ao eleitorado, que vai às urnas em 2 de outubro. (Foto: Marcelo Calazans/Arquivo)Candidatos se apresentaram ao eleitorado, que vai às urnas em 2 de outubro. (Foto: Marcelo Calazans/Arquivo)

A estreia dos candidatos a prefeito de Campo Grande no programa gratuito de rádio teve homenagens ao aniversário da cidade, ausências e corrida contra o tempo. Liberada nesta sexta-feira (dia 26), a campanha entrou no ar às 6h. A propaganda foi aberta pelo Psol, a candidata Rosana Santos pediu votos.

Em seguida, o PTN anunciou o número e a candidatura de Aroldo Figueiró. Candidato do PV, Marcelo Bluma prometeu ser o engenheiro que vai tirar Campo Grande do buraco. Na sequência, veio o Pros, que não fez propaganda. Ontem, o partido trocou o candidato a prefeito.

Da coligação “Sempre com a Gente”, Marquinhos Trad (PSD) trouxe a candidata a vice Adriane Lopes (PEN). Num diálogo, ele destacou que nasceu em Campo Grande e elogiou as belezas da cidade. Adriane contou que veio do Paraná para Campo Grande aos 9 anos. Ambos afirmaram que é preciso resgatar o orgulho do campo-grandense.

Na sequencia, o coronel Carlos Alberto David dos Santos (PSC) se apresentou aos eleitores, lembrou que foi comandante da PM (Polícia Militar) e destacou que entende de segurança. O PMB veio em seguida, mas não utilizou o tempo. O candidato do PRTB foi sucinto. “Não tenho mais tempo, tenho que pedir voto”, disse Adalton Garcia.

O programa de Rose Modesto (PSDB), da coligação “Juntos por Campo Grande”, foi aberto com jingle e a candidata foi entrevistada por dois locutores. Ela contou que a família veio para a Capital após perder a lavoura em Culturama, distrito de Fátima do Sul.

Rose ainda disse que vai fazer as pessoas voltarem a ter orgulho da cidade. O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) não falou na estreia, mas foi lembrado. “Tenho ótima relação com o governador Reinaldo Azambuja, temos uma maneira muito próxima de pensar”, disse.

Em seguida, Athayde Nery (PPS) afirmou que se não for desviado, o dinheiro da cidade é suficiente e concluiu: “Somos todos prefeitos”.

Candidato do PT, Marcos Alex destacou o aniversário da cidade e trouxe o vice Mario Fonseca (PcdoB). Da coligação Campo Grande é do Povo, o pedido foi de voto com o coração. Elizeu Amarilha (PSDC) prometeu competência e seriedade na gestão da Capital.

O PCO e o PSTU não apresentaram programas. Por fim, o horário eleitoral no rádio terminou com Alcides Bernal (PP), que disputa a reeleição. Ele, que foi radialista, destacou que a cidade tem um povo forte, que faz uma gestão corajosa e resgatou o mote da campanha de 2012: “As pessoas em primeiro lugar”.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions