A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/09/2012 10:29

Casa de candidato é pichada com ameaça e suspeita é de motivação política

Nadyenka Castro

Para o vereador que disputa cargo de vice em Paranhos, pichação tem a ver com a disputa eleitoral. O irmão dele foi assassinado no início do mês

Casa foi pichada com frase ameaçadora. (Foto: Rodrigo Pazinato)Casa foi pichada com frase ameaçadora. (Foto: Rodrigo Pazinato)

A casa do canditado a vice-prefeito em Paranhos, Donizete Viaro (PMDB), amanheceu pichada nesta quinta-feira. Ele, cujo irmão foi assassinado a tiros no início do mês, suspeita de motivação política.

“Era umas 5h30 e um amigo meu ligou e perguntou? O que foi na sua casa? Aí saí e vi”, diz Donizete. “Escreveram: vice, chegou a sua hora, fizeram uns rabiscos e uma cruz”.

De acordo com o candidato, foi pichado o imóvel e não o muro. “Pularam o muro alto e o portão”, fala, afirmando que a família não ouviu nenhum barulho suspeito durante a madrugada.

Donizete explica que tomava banho e recebeu ligação do amigo que o esperava para fazerem visitas em fazendas. O amigo contou sobre as pichações, que foram constatadas pelo canditato e vereador.

Diante da frase “vice, chegou sua hora” e da cruz, Donizete suspeita que foi ameaçado de morte por motivação política. “ A gente fica abalado e pensa no pior”. “Suspeita é de ameaça política porque a gente está liderando as pesquisas”, diz, referindo-se ao candidato a prefeito na chapa dele, Júlio Cesar de Souza (PDT). A Polícia Civil foi acionada.

O irmão de Donizete, Devanir Viaro, 40 anos, foi assassinado a tiros na tarde do último dia 11. Também foi morto, Jorge Ilário Achucarro Romã, 50 anos. O autor do duplo homicídio, Carmo Casturino Machado, 55 anos, foi preso em flagrante.

No velório do irmão, Donizete disse ao Campo Grande News que o crime não tinha motivação política e estaria relacionado a discussão por causa de um cavalo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions