A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

23/11/2009 15:25

Casagrande defende juiz federal Odilon para o Senado

Redação

O secretário-geral do diretório nacional do PSB, senador Renato Casagrande (ES), disse que o juiz federal Odilon do Oliveira pode ser o candidato ao Senado do partido. A declaração foi feita durante reunião na sede regional do PSB, hoje à tarde. Segundo Casagrande, o juiz federal mantém conversas com a agremiação e tem grande aceitação entre os partidários.

O juiz, por conta de seu cargo, não precisa ser filiado a nenhum partido, com um ano de antecedência para ser candidato as eleições. Ele pode assinar a ficha na véspera da última convenção que escolhe os candidatos.

O senador Renato Casagrande esteve em Campo Grande para participar do 18º Simpósio de Recursos Hídricos e participou de reunião com membros da executiva do PSB. Ele comentou que o partido está em vias de consolidar a candidatura de Ciro Gomes (PSB-CE) à presidência da república, mas considera a ministra Dilma Rousseff "uma grande amiga e da nossa base de esquerda". Porém, a candidatura própria, em suas palavras, é muito mais adequada aos interesses do partido.

Na pesquisa da CNT/Sensus, divulgada hoje, o nome de Ciro alcança 18,1% da preferência do eleitorado. Casagrande disse que caso o PSB lance candidato à presidência, o diretório regional não precisa lançar candidato ao governo. "Basta conversar com os aliados e dividir o palanque".

O juiz Odilon de Oliveira, disse que por causa de seu cargo, não pode comentar sobre política ou candidatura e que apenas poderá falar disso quando se aposentar. Confirmou que o PSB, assim como outros partidos, fizeram convites para que seja candidato.

O filho do magistrado, Odilon de Oliveira Júnior, se filiou ao PSB no mês passado em solenidade que foi prestigiada por Ciro Gomes. (Colaborou Edivaldo Bitencourt)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions