ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, DOMINGO  17    CAMPO GRANDE 24º

Política

Temporal que aconteceu quinta-feira pode ser exemplo para obras no País, afirma deputado

Por Wendell Reis | 29/01/2012 11:24
Deputado vai levar problemas com cálculos de obras para o Congresso Federal (Foto:Wendell Reis)
Deputado vai levar problemas com cálculos de obras para o Congresso Federal (Foto:Wendell Reis)

O deputado federal Edson Giroto (PMDB), a pedido do governador André Puccinelli (PMDB),vai levar o debate sobre os cálculos de obras para o Congresso Federal. A decisão é baseada na grande chuva que caiu em Campo Grande na quinta-feira (26), surpreendendo a todos e destruindo obras que seriam inauguradas.

Na opinião de Giroto, é preciso reavaliar os cálculos do sistema de drenagem, para evitar problemas. Giroto vai apresentar a discussão na Câmara Federal, para que o cuidado seja estendido para as obras em todo o País. Giroto pretende criar uma frente parlamentar na Comissão de Ação e Transporte para discutir o problema, principalmente com relação à drenagem.

O deputado revela que para se fazer uma obra o engenheiro se baseia na chuva dos últimos 100 anos. Porém, nos últimos tempos, a concentração e volume de chuva estão se tornando anormal, sendo necessária uma mudança de cálculo para evitar que as pessoas sejam surpreendidas. Segundo o deputado, não há registros históricos de chuvas tão intensas em pouco tempo em Campo Grande.

O deputado avalia que a partir de agora será preciso trabalhar com medo, aumentando a dimensão das obras, o que, consequentemente, vai encarecer os projetos. Giroto também deve regionalizar a questão e abrir um debate no Estado com a Associação de Engenheiros e CREA (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura).

Sobre a forte chuva que caiu em Campo Grande, estragando obras que seriam inauguradas ontem (28), o deputado compara ao temporal que caiu recentemente no Rio de Janeiro e matou diversas pessoas, com a diferença de que no Rio de Janeiro houve mortes de pessoas e não apenas danos materiais, como em Campo Grande.

Giroto aproveitou a oportunidade para defender o prefeito Nelson Trad Filho e criticar quem aproveita momentos como este para tirar proveito político, sem levar em conta que o problema é muito mais grave e ocasionado pelas diversas intervenções na natureza.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário