A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

01/04/2016 13:05

Com 45 pré-canditados, PSDB quer dobrar número de prefeitos em MS

Somente na Capital, o partido oficializou 1.600 novas filiações

Alberto Dias
Dr Livio revela disputa pareada entre pré-candidatos do PSDB à Prefeitura da Capital. (Foto: Lauro Burke)  Dr Livio revela disputa pareada entre pré-candidatos do PSDB à Prefeitura da Capital. (Foto: Lauro Burke)

O PSDB pretende dobrar o número de prefeitos em Mato Grosso do Sul nas próximas eleições. O aquecimento no saldo de novas filiações - 1.600 oficializadas nesta quinta-feira (31) - é um dos indicadores que dão confiança ao partido, segundo avaliação do presidente do diretório em Campo Grande, o vereador Lívio Leite, que divide a bancada na Câmara da Capital junto a outros quatro parlamentares tucanos.

Para alcançar a meta de liderar mais de um terço dos 79 municípios do Estado, o PSDB deverá lançar de 40 a 45 candidatos. Atualmente o partido conta com 16 prefeitos filiados.

Em visita ao Campo Grande News, o parlamentar explicou que boa parte dos pré-candidatos já está definida, porém, na Capital ainda não existe um nome a ser divulgado. Em clima de suspense, Dr. Lívio, como é conhecido, adiantou apenas que a disputa entre os pré-candidatos Rose Modesto (vice-governadora) e Eduardo Riedel (secretário de Governo) está pareada dentro do partido. Questionado sobre sua preferência em relação aos dois nomes, preferiu não opiniar.

Não existem segredos, porém, em relação à sua própria candidatura a vereador. Dr. Lívio, que assumiu no Legislativo em 14 de dezembro, após a cassação de quatro vereadores da Capital, confirmou que disputará as próximas eleições e já possui um projeto próprio em andamento, o qual batizou de Projeto Coletivo.

Tal projeto prevê "um novo modelo de mandato", com ações que correspondam, na prática, a uma filosofia que busca o bem do cidadão e uma postura fraterna na política, bem diferente dos atuais embates quase bélicos entre o Legislativo e Executivo de Campo Grande.



O Governador Azambuja teve a coragem de oferecer 4% para o muitos funcionários Público do Estado. Agora se o povo quiser sofrer, juntamente com os Funcionários Estaduais;,Os Funcionários do Estado não poderão arcar com os compromissos, sendo que a infração de 2015 foi mais de 10% e ele tem a coragem de dar somente 4%, ficando uma defasagem de mais de 6%. vamos tirar esse Governador Azambuja em 2018.
 
Verissimo em 01/04/2016 16:19:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions