ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 24º

Política

Com câncer, Waldir Neves pede retirada de tornozeleira para fazer cirurgia

Conselheiro afastado é investigado pela Polícia Federal por favorecimento a empresa

Lucia Morel | 20/12/2022 18:50
Conselheiro do TCE/MS afastado, Waldir Neves. (Foto: Divulgação TCE/MS)
Conselheiro do TCE/MS afastado, Waldir Neves. (Foto: Divulgação TCE/MS)

Conselheiro afastado do TCE/MS (Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul), Waldir Neves Barbosa pediu a retirada do monitoramento eletrônico para realizar exames de imagem. Ele foi diagnosticado com câncer de próstata e também passará por cirurgia em São Paulo.

Assim, pedido apresentado em 19 de dezembro à 7ª Vara Criminal de Competência Especial, do juiz Mário José Esbalqueiro Júnior, é para que o equipamento seja retirado para que Neves possa passar por exames pré-operatórios e então, pela cirurgia.

“Diante do exposto, considerando que o Peticionário está em fase de preparo urgente para realização de exames e cirurgia – que, frisa-se, não poderão ocorrer enquanto ele estiver com metais no corpo -, é que se requer a autorização imediata de retirada do equipamento de monitoração eletrônica para a realização de mais exames de imagens pré-operatório (ressonância) e durante sua permanência hospitalar”.

O documento, entretanto, assegura que o conselheiro afastado, assim que tiver alta médica, se apresentará à Central de Monitoramento Eletrônico para a reinstalação da tornozeleira. Na mesma peça há pedido para que o caso seja colocado em sigilo, o que ainda não foi apreciado em juízo.

O pedido de sigilo, em outra petição, também foi feito pela defesa do conselheiro afastado Ronaldo Chadid e sua assessora Thais Xavier Ferreira da Costa. O pedido é do dia 19 e ainda não foi analisado pela 7ª Vara.

Nos siga no Google Notícias

Veja Também