A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

19/02/2009 09:30

Com salas inacabadas, escola é obrigada a improvisar

Redação

Com quatro das 18 salas ainda em construção, a Escola Municipal Arassuay Gomes de Castro, na Rua São Vicente, bairro Manoel da Costa Lima, em Campo Grande, decidiu improvisar. A direção da escola encaixou os 240 estudantes "sem-sala" para ter as aulas teóricas do dia-a-dia em espaços como a biblioteca e a sala de informática.

A escola possui 1209 alunos. As salas inacabadas, que estão sendo construídas no fundo da escola, irão abrigar 120 alunos de manhã e a mesma quantidade à tarde.

A Prefeitura esperava a conclusão da obra antes do início do período letivo e só se deu conta da não-conclusão das salas ontem, quando o prefeito Nelson Trad Filho foi ao local para entregar o kit uniforme para os alunos.

"Não tem cabimento, um funcionário estava trabalhando sozinho no local", afirmou o chefe do Executivo. Nelsinho disse que já cobrou da empreiteira AM3 a conclusão da obra e que não tem conhecimento de outro caso como este na administração dele.

O prefeito tem visitado todas as escolas municipais e os Ceinfs (antigas creches) para a entrega de uniformes. Ele afirma que nestas visitas fiscalizará pessoalmente se existe algum outro caso de obra inacabada.

Sem autorização da Prefeitura para falar com a imprensa, a direção da escola se limitou a informar que não tem nenhum aluno estudando no pátio e que todos estão abrigados em algum espaço fechado como biblioteca e sala de informática.

O Campo Grande News verificou que o flagrante do prefeito já teve algum efeito. Na manhã desta quinta-feira, pelo menos quatro operários trabalhavam na construção das salas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions