A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/12/2013 10:06

Com suplente na prefeitura, Delcídio acompanha de perto gestão Bernal

Leonardo Rocha
Deputados dizem que Delcídio ficará mais perto de Chaves na articulação política (Foto: Divulgação)Deputados dizem que Delcídio ficará mais perto de Chaves na articulação política (Foto: Divulgação)

Os deputados do PT avaliam que o senador Delcídio do Amaral (PT) estará mais perto do secretário municipal de governo, Pedro Chaves, na articulação política com os partidos e com os vereadores da Capital. Para evitar maior desgaste, ele deverá apostar as fichas na recuperação da administração de Alcides Bernal (PP). 

“Ele deve se reunir para saber como está a conjuntura, já que (Pedro) Chaves assumiu este papel de destaque e deve fazer as mudanças estruturais necessárias, é uma nova figura política que irá precisar do senador”, disse Cabo Almi (PT).

O deputado ponderou que este contato "direto" de Delcídio será com os vereadores e com o secretário, já que a articulação com o prefeito ficará para o partido. “O senador deixou que o PT fizesse o diálogo com o Bernal, ele também não precisa se expor tanto”, destacou ele.

Já Laerte Tetila (PT) ressaltou que Delcídio é muito “próximo” a Chaves, tanto que ele é seu suplente ao senado e pode assumir seu lugar em 2015.

“Depois que ele (Pedro Chaves) assumiu a secretaria, melhorou a relação com a Câmara e com os vereadores, conseguiu trazer de volta autoridades que estavam distantes”, apontou.

Encontro - O senador Delcídio do Amaral (PT) ficou satisfeito com o encontro que teve com sete vereadores na última segunda-feira (2), no escritório de Pedro Chaves.

Ele destacou que os parlamentares que integram a oposição estão com boa vontade para garantir a governabilidade e que resta ao prefeito Alcides Bernal ter mais efetividade e agilidade na construção de um governo de coalizão.

Estiveram reunidos com o senador os vereadores Waldecy Chocolate (PP), Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), Jamal Salem (PRB), Alceu Bueno (PSL), Edson Shimabukuro (PTB), Paulo Pedra (PDT) e Paulo Siufi (PMDB).



Se ele não mudar, quem vai mudar com ele é o povo
 
jose carlos em 04/12/2013 11:01:52
Sinceramente é complicado.
O Bernal não tem capacidade administrativa e assessoria mediocre.
O Delcídio está com sede de poder, e pelo que vejo, seria péssimo para o estado sua vitória, visto que está junto do que mais é ardiloso com relação à política, diga-se, Zeca, Bernal e toda a patota.
O Pedro Chaves não tem nada o que fazer com tanto dinheiro que fica arrumando moda, além do mais, se Delcidio ganhar ano que vem ele assumirá o senado por 4 anos sem ter recebido diretamente 1 voto, aliás, que interesse ele vai defender? Do MS que não é, por ganância vendeu a Uniderp para um grupo nacional que está acabando com esta universidade que era boa e daqui, só se for para defender empresários, pq trabalhador não será, quem trabalhou com ele sabe como é, este é o mais perigoso e pior.
 
Roberto da Costa em 04/12/2013 10:51:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions