A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

09/07/2014 10:11

Copa do Mundo “acabou”, mas campanha ainda segue fria em MS

Edivaldo Bitencourt e Leonardo Rocha
O maior movimento dos partidos até o momento foram as convenções, como a do PT, realizada no dia 27 (Foto: Marcelo Victor/Arquivo)O maior movimento dos partidos até o momento foram as convenções, como a do PT, realizada no dia 27 (Foto: Marcelo Victor/Arquivo)

A Copa do Mundo “acabou” com a saída do Brasil da disputa pelo hexacampeonato, mas a campanha ainda continua fria em Mato Grosso do Sul. Nesta quarta-feira, os candidatos a governador ainda não vão às ruas para intensificar o contato com os eleitores.

O candidato a governador Delcídio do Amaral (PT) passa o dia em reuniões para definir o programa eleitoral. Ele discute com a equipe as diretrizes da campanha na televisão.

O tucano Reinaldo Azambuja (PSDB) também se reúne com a equipe de campanha para definir os primeiros dias. À noite, ele se reúne com profissionais e estudantes da área de agrárias, como médicos veterinários, engenheiros agronômmos e zootecnistas no comitê. 

O candidato a governador do PSOL, professor Sidney Melo, passa o dia atrás de uma produtora para o programa de TV. Ele também vai definir como vai apresentar as propostas à população.

Nelson Trad Filho (PMDB) também mantém agenda interna e faz reuniões com equipe de campanha e candidatos.

O vereador José Evander Vendramini, candidato a governador do PP, não foi localizado para divulgar a agenda.

Desde domingo, os candidatos já podem fazer campanha de rua e na internet no País. 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions