A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 27 de Abril de 2018

29/09/2010 11:30

Corregedoria inicia análise dos vídeos e vai ouvir Rigo

Redação

O corregedor geral da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado Maurício Picarelli (PMDB), já recebeu cópia dos vídeos postados no Youtube, em que o primeiro-secretário da Casa, deputado Ary Rigo (PSDB), conversa com o ex-secretário de Governo de Dourados, Eleandro Passaia, e revela indícios de corrupção.

A assessoria da Corregedoria está transcrevendo o diálogo entre Rigo e Passaia na íntegra, para que o corregedor analise o conteúdo e possa confrontar as informações com a nota de esclarecimento divulgada pelo parlamentar.

Só então Rigo será intimado a dar explicações sobre o assunto e terá cinco dias de prazo para este procedimento.

No vídeo divulgado no Youtube, Rigo fala, entre outros assuntos, sobre o repasse mensal de R$ 120 mil aos 24 deputados, o pagamento de propina de R$ 300 mil a membros do Ministério Público e R$ 900 mil ao Tribunal de Justiça e da suposta "devolução" de R$ 2 milhões ao governador André Puccinelli (PMDB).

Depois de ouvir o deputado e confrontar as informações, Picarelli vai elaborar um relatório, que será analisado por uma comissão de ética. Este grupo vai julgar se houve ou não quebra de decoro por parte do parlamentar acusado.

A decisão vai a plenário e a pena máxima para Rigo, conforme o resultado da votação, é a cassação do mandato.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions