ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 27º

Política

CPI das Contas Públicas inicia trabalhos da semana ouvindo diretor da Funesp

Por Flávia Lima | 21/06/2015 15:21
Comissão volta a se reunir nesta segunda-feira para ouvir diretor da Funesp. (Foto:Divulgação)
Comissão volta a se reunir nesta segunda-feira para ouvir diretor da Funesp. (Foto:Divulgação)

O diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esporte), José Eduardo Amancio da Mota, o Madrugada, será ouvido nesta segunda-feira pelos integrantes da CPI das Contas Públicas, da Câmara Municipal.

Já na quarta-feira quem presta esclarecimentos é a diretora-presidente do Instituto Municipal Previdência de Campo Grande (IMPCG), Lilian Maria Maksoud Gonçalves.

Segundo o presidente da Comissão, vereador Eduardo Romero (PT do B), as duas pastas foram escolhidas por estarem diretamente ligadas as áreas de Saúde e Educação. Os parlamentares definiram o período entre janeiro de 2011 e abril de 2015 como foco das investigações e já solicitaram uma série de documentos junto às secretarias, autarquias e fundações municipais.

O objetivo é investigar se o aumento de 40,34% na folha de pessoal da prefeitura da Capital ocorreu por aumentos salariais praticados pelas gestões anteriores ou devido à nomeação de comissionados por parte do atual prefeito Gilmar Olarte.

Também será investigado qual o percentual da receita de folha de pessoal é destinado aos comissionados, nomeados durante a gestão do atual prefeito e se esses funcionários estão na ativa.

Já passaram por oitiva os secretários de Saúde Jamal Salem, Administração, Wilson do Prado; o diretor-presidente da Funsat, Cícero Ávila e o interino de Educação, Wilson do Prado. Não está descartada a possibilidade de reconvocação, caso os integrantes da CPI encontrem necessidade de m

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário