A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

24/06/2008 13:03

CPI do Sistema Carcerário deve votar relatório hoje

Redação

A CPI do Sistema Carcerário, que apontou a Colônia Penal Agrícola de Campo Grande como um dos piores presídios do País,  deve votar o relatório final do deputado Domingos Dutra (PT-MA) às 17h de hoje. Nesta manhã, os parlamentares se reuniram para discutir os últimos ajustes ao texto. Segundo o relator, já há acordo para votação o texto.

Conforme Dutra explicou, o relatório não vai responsabilizar os gestores dos presídios. A opção foi por estabelecer metas e prazos para que as instituições tomem providências. Dessa forma, o parlamentar acredita que o estado será responsabilizado.

Haverá metas para os governo estaduais, responsáveis pelo presídios; para o Ministério Público; para a Defensoria Pública e para o Judiciário, em especial para os juizados de execuções penais.

De acordo com o relator argumentou, os gestores atuais não são os únicos responsáveis pela situação dos presídios e por isso esponsabilizá-los seria deixar de punir os gestores anteriores, que também colaboraram para o cenário atual do sistema carcerário brasileiro.

O relator lembrou que a CPI não conseguiu visitar todos os presídios do País o que, na avaliação do parlamentar, torna injusto punir os gestores dos presídios visitados e deixar de responsabilizar os diretores de penitenciárias que não foram visitadas.

Dutra disse ainda que as situações de negligência e maus tratos constarão do relatório, como o caso do Mato Grosso do Sul, onde os deputados encontraram porcos próximo do alojamento dos presos, na Colônia Penal Agrícola, hoje em reformas, e ainda do presídio central do Rio Grande do Sul, além des casos de tortura no Piauí.

No Pará, deve ser pedido o indiciamento de dez pessoas, inclusive a juíza Clarice Maria de Andrade, responsável pela prisão de uma menor de idade, em uma cela com mais de 20 homens, na cadeia pública de Abaetetuba.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions