A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

17/05/2016 12:55

CPI vai ouvir presidente do Sinpetro e representante de distribuidora

Leonardo Rocha
CPI dos Combustíveis terá novos depoimentos nesta tarde, na Assembleia (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)CPI dos Combustíveis terá novos depoimentos nesta tarde, na Assembleia (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)

A CPI dos Combustíveis vai ouvir nesta tarde, a partir das 14h, o presidente do Sinpetro-MS (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de MS), Edemir Jardim, e o representante da TAG Distribuidora, o empresário Luis Ricardo Coutinho. O evento vai ocorrer no plenarinho, da Assembleia Legislativa.

A intenção da comissão é apurar se existem irregularidades na venda de combustíveis em Mato Grosso do Sul. Assim como se existe a práticas ilegais como a formação de cartel ou dumping, quando uma empresa coloca um preço a baixo do mercado, apenas para derrotar e acabar com a concorrência. A investigação deve seguir até o mês de junho deste ano.

Na semana passada, o empresário Nilton Braz Giraldelli, dono de dois postos em Campo Grande, denunciou a suposta prática de dumping, por uma grande rede de postos da cidade. Ele ressaltou que esta concorrência predatória, domina muitos postos. Entretanto diz que não tem provas, mas que muitas empresas pequenas estão quebrando, em função desta "guerra de preço".

O presidente da CPI, o deputado Beto Pereira (PSDB), pediu que o empresário assinasse o depoimento, para resguardar o valor de juízo destas declarações. A comissão parlamentar ainda tem a participação dos deputados João Grandão (PT), Coronel David (PSC), Maurício Picarelli (PMDB) e Ângelo Guerreiro (PSDB).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions