A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

01/03/2011 09:57

Dagoberto diz que espera indicação para presidência da Eletrosul

Fabiano Arruda e Ítalo Milhomem

Ex-deputado federal também revelou sobre as negociações para cargos federais

Dagoberto comparece ao velório de Celina Jallad. (Foto: João Garrigó)Dagoberto comparece ao velório de Celina Jallad. (Foto: João Garrigó)

O ex-deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) disse, na manhã desta terça-feira, durante o velório de Celina Jallad, que espera a indicação por parte da presidente Dilma Roussef para ocupar a presidência da Eletrosul, empresa vinculada ao Ministério de Minas e Energia e que tem atuação preponderante nos estados da região Sul e Mato Grosso do Sul.

Ocupando atualmente cargo na assessoria jurídica da Assembleia Legislativa, Dagoberto afirmou que a indicação ao cargo já foi feita pelo PDT nacional, no entanto, “atrasou” por conta da votação no salário mínimo.

É que alguns deputados federais pedetistas, que fazem parte da base aliada do governo Dilma, votaram contra o valor de R$ 545.

Para Dagoberto, o fato é normal, porque, por se tratar de um partido trabalhista, o PDT não poderia ir contra o trabalhador. “Até sindicalistas do PT votaram contra”, justificou.

Enquanto a indicação não vem, Dagoberto diz que vai continuar como interlocutor entre prefeitos do interior e alguns ministérios.

Cargos federais - O candidato derrotado ao Senado na eleição passada também revelou negociações sobre a indicação dos nomes de Mato Grosso do Sul para cargos federais.

O ex-deputado estadual Pedro Teruel (PT) foi indicado para assumir cargo técnico na Usina de Itaipu. Carlos Longo, nome indicado pelo grupo do ex-governador Zeca do PT, deve assumir a direção da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) em Mato Grosso do Sul.

O ex-deputado estadual Amarildo Cruz (PT) foi indicado para assumir o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) no Estado, enquanto o suplente de deputado federal, João Grandão, é cotado para a delegacia da MDA (Ministério de Desenvolvimento Agrário).

A candidata a vice-governadora de Zeca do PT na eleição passada, Tatiaja Ujacow, pode assumir o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) em Mato Grosso do Sul.



Faz isso não "PRESIDENTA" põe gente do ramo, de carreira no orgão, e que gosta de trabalhar.
 
Antonio Mazeica em 01/03/2011 11:12:22
Concordo com o Antonio Mazeica. Presidenta, indique pessoas competentes e isentas de qualquer mácula sobre o seu nome. Basta lembrar: sanguessugas, caso da sejusp e outros mais. Não pode ser por aí.
 
juca sampaio em 01/03/2011 04:01:02
Pelos menos uma mulher se sobressai nesse panorama.
 
Carla Dias em 01/03/2011 02:42:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions