A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/02/2011 12:18

Dagoberto vai atuar na área jurídica da Assembleia Legislativa

Aline dos Santos e Paulo Fernandes

Cedido pelo governo do Estado para a Assembleia Legislativa, o ex-deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) vai atuar na área jurídica. A informação é do deputado estadual Felipe Orro (PDT).

Segundo o parlamentar, Dagoberto ainda aguarda nomeação para um cargo do governo federal. O ex-deputado federal disputou a eleição para o Senado em 2010, mas foi derrotado nas urnas.

No inicio deste mês, ele havia sido designado para o Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Dagoberto é servidor estadual de carreira.

Hoje, decreto do governador André Puccinelli (PMDB) colocou o ex-deputado federal à disposição da Assembleia, com ônus para a origem. “Foi um gesto de grandeza do Puccinelli”, avalia Orro. O PDT participou da chapa adversária à do PMDB na disputa pelo governo do Estado.

Ex-deputado federal é cedido para a Assembleia Legislativa
Ex-deputado federal, Dagoberto Nogueira Filho (PDT) foi cedido pelo governo do Estado para a Assembleia Legislativa. No inicio deste mês, ele havia s...
Sem mandato, Dagoberto Nogueira é designado para o Detran
Ex-deputado federal, Dagoberto Nogueira Filho (PDT) foi designado pelo governo do Estado para exercer suas funções no Detran/MS (Departamento Estadua...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


O Gilson Alves de Souza, você esqueceu de "salientar" que ele foi também o "CAMPEÃO NACIONAL DE VIAGENS AO EXTERIOR, JUNTO COM SUA FAMILIA PAGAS PELOS ELEITORES" que muitas vezes não tem dinheiro nem para pagar o onibus coletivo para ir trabalhar. Acorda meu, quanto a essa influência que ele exerceu no congresso a que você se refere, só se for em algum congresso de "TURISMO" fora do Brasil, pois por aqui ninguém sabe, ninguém víu, tanto que, mesmo estando no palanque do LULA e da DILMA e que os mesmos pediram votos a ele e Delcidio deu no que deu, só ficou em quarto lugar, porque não tinha mais ninguém atrás dele.
 
Antonio Mazeica em 18/02/2011 11:20:09
Na politica não temos inimigos e sim adversarios, vale salientar que o ex deputado Dagoberto foi um homem integro durante seu mandato chegando a ser uns dos 100 homens mais influente na camara federal, vamos respeitar, MS, ganhou muito com Dagoberto na Camara, as conquistas foram relevantes só quem não acompanha os trabalhos dos deputados podem juga-los, te desejo sucesso Dagoberto te conheço e sei do seu potencial , sei que as coisas mudam e com certeza vc vai dar a volta por cima, tudo de bom , um abraço.
 
gilson alves de souza em 18/02/2011 06:23:18
Sorte do ex-deputado que para se ocupar cargo comissionado nao se exige ficha limpa,assim como tem que ser em cargos concursados,pq como ele e acusado de privatizar a segurança publica no nosso estado quando ocupava o cargo de secretario de segurança "publica".
 
marcelo argemon em 17/02/2011 03:25:42
A população de MS, espera que sr Dagoberto pelo menos cumpra uma jornada de trabalho na Assembleia Legislativa, ou apenas mais um funcionario fantasma?
 
Felicia Amorim em 17/02/2011 02:02:01
Não foi eleito que se vire nos trinta. Vai baixar em outro centro. O Dagoberto não vai fazer nada na Assembleia, é pura acomodação de aliados. O governo não é obrigado a alojar incompetentes.
 
osmiro capistrano da costa em 17/02/2011 01:07:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions