A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/06/2016 19:12

Decisão sobre indicado em dobradinha 'PSB e PMDB' é adiada pela 3ª vez

Michel Faustino
O deputado estadual Márcio Fernandes (PMDB) indicado pelo partido para à sucessão de Alcides Bernal. (Foto: Arquivo)O deputado estadual Márcio Fernandes (PMDB) indicado pelo partido para à sucessão de Alcides Bernal. (Foto: Arquivo)

O suspense de quem será o indicado na aliança entre o PSB e o PMDB – para a disputa à Prefeitura de Campo Grande nas eleições deste ano – deve perdurar, pelo menos, até a próxima segunda-feira (20), segundo o presidente estadual do PMDB, deputado estadual Júnior Mochi. É a terceira vez que a definição da pré-candidatura do duo político é adiada.

De acordo com Mochi, o adiamento do anúncio, que estava previsto para acontecer nesta sexta-feira (17), aconteceu em virtude de confluência de agendas.

A deputada federal Tereza Cristina, até então o nome forte do PSB, esteve durante todo o dia participando de reuniões em Sidrolândia e não poderia retornar a Campo Grande, justificou o deputado.

O PMDB, que tem como pré-candidato o deputado estadual Márcio Fernandes, estudou a formação de um grupo que teria, inicialmente, o PSB e o PR, mas este último partido desistiu da parceria, afirmando, na semana passada, que poderá fazer aliança com o PSDB.

Por sua vez, tanto o PMDB, quanto o PSB, tem sido cortejados pelos tucanos que estão em busca de fortalecer a candidatura da vice-governador Rose Modesto (PSDB) à sucessão de Alcides Bernal (PP).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions