A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/05/2011 17:01

Delcídio contesta recriação da Sudeco sem potencial investidor

Fabiano Arruda

Decreto do Diário Oficial da União desta quinta traz recriação do órgão

Para Delcídio, Sudeco tem de dispor de banco para investimentos, a exemplo da Sudam e Sudene. (Foto: Arquivo)Para Delcídio, Sudeco tem de dispor de banco para investimentos, a exemplo da Sudam e Sudene. (Foto: Arquivo)

O senador Delcídio do Amaral (PT) contestou a recriação da Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste), publicada, por meio de decreto de lei, na edição desta quinta-feira do Diário Oficial da União, sem capacidade de investimentos.

Segundo o parlamentar, a existência da superintendência só faz sentido se for “uma catalisadora de investimentos” e não de ações.

“A Sudeco tem de ter um banco, a exemplo do Basa (Banco da Amazônia) para a Sudam (Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia) e o Banco do Nordeste para a Sudene (Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste), do contrário, não adianta nada”, opinou.

O petista garante que ter uma superintendência para criar desenvolvimento de processos não é o objetivo das bancadas do Centro Oeste no Congresso.

“Vamos nos reunir com o objetivo de discutir e potencializar esta questão do banco, mas haverá uma mobilização em torno desta questão”, comentou, afirmando que o encontro ainda não tem nada definida.

Decreto - Conforme a edição do Diário Oficial da União desta quinta-feira, o decreto, que entra em vigor no dia 16 de maio, aprova a estrutura regimental e o quadro dos cargos em comissão para a superintendência.

Conforme a publicação são 17 cargos a serem nomeados, além do diretor e as unidades, num prazo de 60 dias a partir da data de publicação.

Entres os nomes já especulados para a direção da Sudeco estão o do secretário de Desenvolvimento do Centro-Oeste, Marcelo Dourado, e o ex-prefeito de Goiânia, o peemedebista Iris Rezende.

O decreto é assinado pela presidente Dilma Rousseff (PT) e pelos ministros Fernando Bezzera, da Integração Nacional, e Mirian Belchior, do Planejamento.

Sudeco - A recriação da Sudeco, que tem natureza de autarquia e é vinculada ao Ministério de Integração Nacional, com sede em Brasília (DF), tem como objetivo definir metas econômicas e sociais que levem ao desenvolvimento sustentável da região Centro-Oeste.

Pelo decreto, a superintendência deve também assegurar a articulação das ações de desenvolvimento com o manejo controlado e sustentável dos recursos naturais.

A Sudeco foi criada 1967 para substituir a também extinta Fundação Brasil Central. Era gestora de metas econômicas e sociais para o desenvolvimento sustentável da Região e garantiu durante mais de vinte anos fomento econômico para projetos regionais. Em 1990 o governo Collor extinguiu a agência.

A expectativa em relação à recriação da Sudeco também é alimentada há anos em função da condução do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro Oeste, o FCO, que hoje detém uma receita estimada em 4,7 bilhões de recursos voltados para financiar as atividades produtivas da região e tem como público-alvo micro e pequenos empreendedores.

Ministério confirma reativação da extinta Sudeco até o fim de fevereiro
A extinta Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento da Região Centro Oeste) deve ser reativada antes do Carnaval, assim que o projeto sair do Minis...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions