A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/10/2014 14:17

Delcídio quer um governo com desenvolvimento sustentável

Ludyney Moura
Delcídio quer tornar o Estado como um local de economia verde (Foto: Divulgação)Delcídio quer tornar o Estado como um local de economia "verde" (Foto: Divulgação)

O candidato do PT ao Governo do Estado, senador Delcídio do Amaral, propôs, durante agenda pública de campanha, estabelecer uma gestão que estimule o desenvolvimento com sustentabilidade e respeito ao meio ambiente.

A intenção de Delcídio, se eleito, é consolidar Mato Grosso do Sul como um local de economia "verde", com investimentos em atividades que não poluam o meio ambiente e que promovam o desenvolvimento sustentável, o que segundo ele vai garantir oportunidades de trabalho e qualidade de vida à população.

“Já somos um dos primeiros produtores de carne e de grãos do país, e eu não tenho dúvida que, no máximo em três anos , seremos o segundo maior produtor de etanol do Brasil, atrás apenas de São Paulo (atualmente o Estado é o quinto). Temos todas as condições de nos consolidar como referência nacional também na produção de papel, celulose e energia renovável, com o álcool, o bagaço da cana e o biodiesel”, afirmou.

Delcídio se reuniu com trabalhadores e representantes do setor do agronegócio, na região sul do Estado. “Se Deus me der a honra de vencer a eleição, vou usar meu conhecimento nessa área para ajudar, como governador, o meu estado a tornar esse sonho realidade”, prometeu.

Ainda em agenda no sul do Estado, o candidato petista prometeu levar investimentos para dentro das aldeias índigenas sul-mato-grossenses. “Tenho compromisso com as etnias, não só para resolver conflitos pela posse da terra, fazenda justiça aos índios e aos produtores rurais, mas também o de levar água, energia, educação, saúde, habitação e o apoio a agricultura familiar nas aldeias. Os nossos irmãos indígenas têm o direito de viver com dignidade e, com o fruto de seu trabalho, proporcionar um futuro melhor para suas famílias”, finalizou.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions