A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

01/07/2016 09:59

DEM articula nome de empresário para disputar prefeitura na Capital

Leonardo Rocha
Empresário Jean Marsala segue como pré-candidato, mas aliança não está descartada (Foto: Reprodução - Facebook)Empresário Jean Marsala segue como pré-candidato, mas aliança não está descartada (Foto: Reprodução - Facebook)
Deputado Luiz Henrique Mandetta diz que empresário é nome de qualidade e novo na política (Foto: Luis Macedo - Agência Câmara)Deputado Luiz Henrique Mandetta diz que empresário é nome de qualidade e novo na política (Foto: Luis Macedo - Agência Câmara)

A direção estadual do DEM articula o nome do empresário da construção civil, Jean Michel Marsala, como pré-candidato a prefeito em Campo Grande. Novo na política, ele vai precisar consolidar o apoio dos candidatos a vereadores, para que na convenção partidária, marcada para dia 5 de agosto, tenha seu nome confirmado.

"Ele por enquanto segue como pré-candidato do partido, pois se trata de um profissional de qualidade, um empresário de Campo Grande, que teve participação ativa nestes movimentos contra a corrupção e chega com um olhar diferente, de fora da política", descreveu o presidente estadual do DEM, o deputado federal, Luiz Henrique Mandetta (DEM).

O deputado ponderou que é importante o surgimento de novas lideranças, que estejam dispostos a participar do pleito eleitoral. "Demos o aval para buscar o apoio do partido e dos candidatos a vereador, como pré-candidato, depois na hora da convenções iremos tomar a decisão final, sobre a candidatura própria".

O deputado citou que as conversas com as demais legendas continuam, entre elas com o PTB, PSD e PMDB, mas sem nenhuma definição ou acerto. "Neste momento todo mundo conversa com todo mundo, depois vão se definir as alianças", avaliou. Apesar de ter um pré-candidato, os democratas não descartam uma aliança com outra legenda.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions