ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SEGUNDA  04    CAMPO GRANDE 24º

Política

Deputada cobra esforços do poder público no combate ao câncer

Da Redação | 08/04/2015 14:30
Antonieta parabenizou a iniciativa da corumbaense Rosa Mavigner, que doou lenços a mulheres em tratamento. (Foto: Divulgação)
Antonieta parabenizou a iniciativa da corumbaense Rosa Mavigner, que doou lenços a mulheres em tratamento. (Foto: Divulgação)
As deputadas Antonieta Amorim e Mara Caseiro relembraram a importância da prevenção ao câncer da mama. (Foto: Roberto Higa)
As deputadas Antonieta Amorim e Mara Caseiro relembraram a importância da prevenção ao câncer da mama. (Foto: Roberto Higa)

Na manhã desta quarta-feira (08), dia mundial de combate ao câncer, a deputada estadual Antonieta Amorim (PMDB) cobrou empenho do poder público na prevenção, diagnóstico e tratamento da doença. Usando um lenço na cabeça, em homenagem às pessoas que convivem com o câncer, a iniciativa ganhou a adesão da deputada Mara Caseiro, que também participou da sessão usando o lenço.

Em seu discurso, a deputada Antonieta ressaltou a importância dos legisladores não só destinarem emendas, como também fiscalizarem a aplicação de recursos e utilização de equipamentos. “Só em Mato Grosso do sul, temos cerca de 500 equipamentos destinados ao diagnóstico e tratamento que não estão sendo utilizados em hospitais públicos, seja por falta de estrutura e profissionais ou por simples burocracia. Cabe a nós, enquanto legisladores, a fiscalização e o acompanhamento da realidade local”, ressaltou a parlamentar.

Antonieta convocou todos os deputados para se unirem na destinação de emendas para a saúde, cobrando também contrapartida do Governo Estadual. Segundo a parlamentar, em todo o Estado, só há um único aparelho de radioterapia em hospitais públicos e filantrópicos. Este aparelho está no Hospital do Câncer e é um dos pilares do tratamento. “Precisamos reconhecer a importância dos hospitais filantrópicos, pois segundo uma pesquisa nacional, de cada um real que o SUS investe nesses hospitais, gasta R$ 2,70 em hospitais públicos, e estes hospitais dependem do apoio do poder público”, afirmou a deputada, ressaltando que sua maior emenda deste ano foi a aquisição de um aparelho de ultrassom para o Hospital Alfredo Abrão, no valor de R$ 120 mil.

A fala de Antonieta ganhou o apoio de Mara Caseiro, que lembrou sua luta contra o câncer e os deputados Márcio Fernandes, ressaltando a viabilização de projetos para a redução de impostos sobre o protetor solar, Amarildo Cruz, que cobrou fiscalização nos serviços públicos, Marquinhos Trad, cobrando maior publicidade dos projetos tramitados na Assembleia, e Paulo Correa e Beto Pereira, que cederam seu tempo para a deputada ampliar o debate.

Segundo levantamento divulgado pela deputada Antonieta Amorim, ainda há uma grande deficiência no diagnóstico do câncer, sendo que poucos procuram o atendimento nos estágios iniciais da doença. “Precisamos levar a informação e o atendimento a todas as pessoas do Estado, pois eu me preocupo com aquelas que moram no interior, considerando a dificuldade de acesso e até mesmo estrutura precária no atendimento. Precisamos nos atentar na regulação do acesso e como os municípios encaminham seus pacientes para o atendimento avançado na Capital”, explicou a deputada. “No hospital Alfredo Abrão, quase todos os pacientes chegam em estágio avançado da doença, o que dificulta o tratamento. É preciso ampliar a informação sobre as medidas de prevenção e a necessidade de se procurar os serviços de saúde”, disse Antonieta.

Nos siga no Google Notícias