A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

17/04/2016 11:19

Deputada diz que impeachment é ato extremo, mas necessário ao País

Leonardo Rocha
Deputada Tereza Cristina diz que não rumo para atual governo (Foto: Sérgio Francês - PSB)Deputada Tereza Cristina diz que não rumo para atual governo (Foto: Sérgio Francês - PSB)

A deputada federal Tereza Cristina (PSB) já está no plenário da Câmara Federal, a espera do começo da votação, que vai iniciar às 14h (horário de Brasília). Ela ponderou que o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) trata-se de um ato extremo, no entanto necessário ao País neste momento.

"Estamos presenciando um dia histórico, o impeachment é uma atitude extrema, mas o Governo Federal deixou chegar a este ponto e não consegue mais sair. Estamos diante da volta da inflação e crise econômica, não enxergamos futuro nem a médio ou longo prazo nesta gestão", disse ela.

A deputada ponderou que em nenhum momento a presidente apresentou propostas concretas contra a crise econômica e que faltou articulação com a classe política. "O Brasil está no sufoco, quem ficar seja o (Michel) Temer ou a Dilma (Rousseff) precisam ter muita sabedoria para mudar esta situação".

Sobre a votação, a parlamentar acredita que todos devem ter decidido que posição vai adotar. "Os votos devem estar definidos, a expectativa da oposição é muito boa, mas sabemos que a eleição só se conhece o resultado, quando fecha a contagem". Ela lembrou que um novo governo, como o que ocorreu na Argentina, poderia apresentar um projeto ao país e um rumo para crise. "Assim o mercado (financeiro) pode reagir bem, os investimentos voltarem e as condições melhorarem".



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions