A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

13/03/2012 10:23

Para deputado, reajuste da conta de luz não pode ultrapassar 2,9%

Fabiano Arruda e Wendell Reis
Marquinhos Trad diz que Enersul terá de deduzir 4,17% do reajuste deste ano. (Foto: Divulgação)Marquinhos Trad diz que Enersul terá de deduzir 4,17% do reajuste deste ano. (Foto: Divulgação)

O deputado Marquinhos Trad (PMDB) disse, durante entrevista na Assembleia Legislativa nesta terça-feira, que o reajuste na conta de energia elétrica em Mato Grosso do Sul deve ficar em apenas 2,9%. A Enersul solicitou à Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) reajuste de 7,25%.

Segundo o parlamentar, a concessionária divulgou um número de gasto para justificar o pedido de reajuste de 17,5% na tarifa referente ao ano passado.

Marquinhos explica que o gasto projetado não foi executado, o que deve obrigar a Enersul a deduzir 4,17% do pedido neste ano, reduzindo para pouco mais de 3% a solicitação do reajuste em 2012.

O peemedebista, no entanto, acredita que o índice deve ficar em 2,9%. O deputado revela que as informações fazem parte de email enviado pela Enersul a ele, ontem, que detalha os números. E que tem conhecimento do assunto porque investiga ano a ano os reajustes de energia elétrica no Estado.

A Aneel aprecia o pedido da concessionária e o aumento na conta de luz deve vigorar a partir de 8 de abril.

Para justificar a reivindicação pela alta, a Enersul explica que mais pesa no reajuste é o Índice de Reajuste Econômico de 4,69%, sendo 2,72% relativos ao reajuste de itens não gerenciáveis pela Enersul, como energia comprada, encargos setoriais e transporte de energia; e 1,97% relativos aos itens gerenciáveis, que são operação, manutenção e ampliação do sistema elétrico e do atendimento.

Aneel mantém multa de R$ 955 mil à Enersul por descumprimento de meta
Multa foi aplicada em decorrência da transgressão dos indicadores de qualidade, que medem o tempo e a quantidade de vezes que os clientes ficam sem...
Conta da Enersul fica mais cara em abril; empresa pediu 7,25%
A partir de abril, a conta de energia de consumidores em 73 municípios sul-mato-grossenses virá com um reajuste tarifário. A solicitação da Enersul...
Tribunal marca julgamento da apelação de Lula para janeiro de 2018
O Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, marcou para 24 de janeiro de 2018 o julgamento da apelação do ex-presidente ...


O Deputado acorda!!! O povo não merece reajuste nenhum...tenha santa paciência.
Marquinhos Trad, futuro prefeito de Campo Grande-MS, com certeza o povo esquece de tudo e vai votar nele, que será eleito.
Vou anotar a data do meu comentário 14/03/2012.
 
Luciano Silgueiros em 14/03/2012 08:22:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions