A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

18/06/2019 11:26

Deputado assume PP com meta de “fazer” 10 prefeitos e atrair filiados

Para Evander Vendramini, a decisão de Alcides Bernal de deixar a presidência partido foi um "gesto de grandeza"

Anahi Zurutuza, Leonardo Rocha e Fernanda Palheta
Deputado estadual Evander Vendramini (PP) durante entrevista (Foto: Leonardo Rocha)Deputado estadual Evander Vendramini (PP) durante entrevista (Foto: Leonardo Rocha)

Para o deputado estadual Evander Vendramini, a decisão de Alcides Bernal de deixar a presidência do PP (Partido Progressista) foi madura e um “gesto de grandeza”. O parlamentar assumirá o comando e diz já ter metas.

A escolha do novo diretório será só no dia 11 de agosto, mas Vendramini disse que já articula a formação de uma chapa e também o apoio do deputado companheiro de bancada, Gerson Claro, e dos vereadores do PP para continuar comandando os progressistas mesmo após o período interino em virtude do pedido de licença de Bernal.

O deputado explica que o objetivo da legenda para 2020 é lançar o maior número possível de candidatos a prefeito, eleger ao menos 10 chefes para os Executivos municipais e formar chapas fortes para ocupar vagas nos Legislativos, além de atrair mais lideranças política e filiados para a sigla. “Temos a 3ª maior bancada em Brasília, somos 43 deputados federais, e precisamos fortalecer o partido no Estado”.

Para prefeito da Capital, Vendramini disse que Valdir Gomes é nome cotado. Na Câmara, o vereador também falou do assunto durante a sessão desta terça-feira (18).

“Ele me convidou há duas semanas, mas isso nunca passou pela minha cabeça, até porque para ser candidato tem que ter uma estrutura. Então, é uma coisa prematura eu falar que sou candidato. Sei que é muito difícil uma candidatura a prefeito, mas sonhar todo mundo sonha e eu também posso sonhar”, afirmou à imprensa.

Vereador Valdir Gomes (PP) falando coma imprensa na Câmara de Campo Grande nesta terça-feira (18) (Foto: Assessoria de imprensa do vereador/Divulgação)Vereador Valdir Gomes (PP) falando coma imprensa na Câmara de Campo Grande nesta terça-feira (18) (Foto: Assessoria de imprensa do vereador/Divulgação)

Decisão de Bernal - Após sofrer críticas e pressão, o ex-prefeito Alcides Bernal (PP) anunciou nesta tarde de ontem que vai deixar a presidência regional do PP e passar o comando ao deputado estadual. “Se o problema sou eu, deixo o comando do partido”, disse ele.

Bernal revelou ao Campo Grande News que vai pedir licença da presidência do partido, logo após o feriado desta semana, e que não pretende disputar o comando da legenda, em eleição marcada para agosto. “Não vou sair da legenda, mas não irei disputar nenhum cargo, se eles pediram minha saída, então vou conceder esta oportunidade”.

Evander explicou que não conversou pessoalmente com Bernal ainda, mas que foi informado da decisão do ex-prefeito de Campo Grande por mensagem de WhatsApp.

Ele diz entender que a imagem do presidente está desgastada em virtude dos problemas que enfrentou na prefeitura, a cassação e depois a ilegibilidade, confirmada até pelo STF (Supremo Tribunal Federal). “Ele não poderá ser candidato, mas é uma liderança importante e sempre será ouvido”.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions