A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

04/08/2014 18:53

Deputado Fábio Trad elogia exemplo japonês da Copa do Mundo

Ludyney Moura
É tarefa social, e até moral, de cada cidadão zelar e preservar o espaço público, afirma Fábio Trad. (Foto: Divulgação)"É tarefa social, e até moral, de cada cidadão zelar e preservar o espaço público", afirma Fábio Trad. (Foto: Divulgação)

A cena da torcida japonesa recolhendo o lixo após as partidas de sua seleção durante a Copa do Mundo repercutiu positivamente em várias partes do mundo. Para o deputado federal Fábio Trad (PMDB), a atitude dos torcedores asiáticos deveria servir de exemplo para a nossa sociedade.

“Em sociedades culturalmente mais desenvolvidas, como a do Japão, já se consolidou a consciência coletiva de que o que é público é de todos e, portanto, da responsabilidade de cada indivíduo. Que, em última instância, só se constitui em verdadeiro cidadão quando assume, também, o compromisso objetivo de zelar pelo que é patrimônio da cidadania, da sociedade”, frisou o parlamentar.

Durante um pronunciamento na Câmara Federal durante o período da Copa, Fábio destacou o fato de que os japoneses não recolhiam o lixo para dar exemplo às demais torcidas, mas como um gesto usual de sua cultura.

“Estavam tão-somente exercendo comportamento corriqueiro de uma sociedade que há muito aprendeu que o respeito ao meio ambiente é feito da responsabilidade individual de cada cidadão, de sua consciência erigida em padrão cultural”, destacou o deputado.

De acordo com o parlamentar, apenas uma pequena parcela da população brasileira, entende a responsabilidade que tem de zelar e preservar bens, espaço e o patrimônio público.

“Infelizmente, no Brasil, sempre com as ressalvas que justificam a regra, transferimos para os governos a responsabilidade exclusiva de resolver os problemas resultantes do acúmulo de negligências e omissões individuais. É tarefa social, e até moral, de cada cidadão zelar e preservar o espaço público, que é bem coletivo e não território de ninguém como muitos teimam em ver”, finalizou Fábio Trad.



Acho que o exemplo dado pela torcida JAPONESA, deveria aparecer em todas as transmissões esportivas da televisão e inclusive ser colocada em telões nos estádios para chamar a atenção dos emporcalhadores e ver se tomam vergonha na cara.
Bem sei que em nosso Pais o problema é cultural, portanto deveria começar pelas crianças na escola que além de se tornarem educadas irão ajudar a educar os adultos.
Abraços
 
Antonio Marques em 05/08/2014 15:13:19
é uma pena não ter ficado o exemplo em nosso país, que parece que gosta de viver na imundície, acho um absurdo ver a quantidade de lixo jogado pelas ruas do bairro que moro, mesmo tendo coleta de lixo o sujeito parece que tem prazer sair esparramando lixo por toda parte, em terrenos vazios, praças e locais públicos.
 
Marco Aurélio Alves Queiróz em 05/08/2014 07:32:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions