A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

23/05/2018 11:31

Deputado quer ação pública contra epidemia de automutilação entre alunos

Matéria do Campo Grande News destacou que casos de adolescentes que se cortam crescem e assustam

Aline dos Santos e Leonardo Rocha
Adolescentes contam que maioria dos colegas se corta. (Foto: Guilherme Henri)Adolescentes contam que maioria dos colegas se corta. (Foto: Guilherme Henri)

Com a epidemia de adolescentes que se automutilam, o deputado estadual Pedro Kemp (PT) sugere a criação de um programa para atendimento aos alunos de escolas estaduais. “Vou sugerir que as secretarias de Saúde e Educação criem um programa voltado para a juventude. Com uma equipe multidisciplinar, com psicólogo, médico, psicopedagogos”, afirma o parlamentar.

Nesta semana, matéria do Campo Grande News destacou que o número de adolescentes que se cortam passa longe de “modinhas”, como o jogo da Baleia Azul, e já faz parte do cotidiano da adolescência.

O deputado conta que, por ser psicólogo, é convidado por escolas públicas para dar palestras. “Fico impressionado com a epidemia de adolescentes que estão se mutilando. Muitos vêm falar comigo, mostram os machucados. Não é um ou dois, mas muitos casos”, diz.

Conforme Kemp, o programa na área de saúde mental não pode ser estabelecido por meio de projeto de lei porque é de competência do Poder Executivo, pois gera custos. “Conversei com o pessoal da secretaria de Educação e estariam elaborando uma equipe para isso”, afirma.

Ainda segundo Kemp, uma escola de Campo Grande teve cinco casos de alunos que tentaram se matar. “Na escola onde minha filha estuda, que é particular, teve um suicídio”, afirma.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions