A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/11/2009 10:35

Deputados apresentam defesa sobre perda de mandato dia 9

Redação

Os deputados estaduais Onevan de Matos e Ary Rigo, hoje filiados ao PSDB, apresentam na próxima segunda-feira, dia 9, suas defesas no processo de perda de mandato, impetrado pelo PDT.

A defesa será protocolada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral).

O presidente regional tucano, deputado Reinaldo Azambuja, disse que a legenda que abrigou os dois parlamentares também foi notificada e vai apresentar defesa nos próximos dias.

Rigo e Onevan vão alegar, basicamente, que foram perseguidos dentro do PDT, e por isso tinham todos os motivos para abandonar a sigla.

Segundo Onevan, o conjunto de provas contém gravações em áudio, vídeo, e toda a papelada que comprova a perseguição dentro do partido.

Na prática, a direção nacional do PDT, após articulações do deputado federal Dagoberto Nogueira, esteve em Campo Grande e interveio no diretório regional.

O então presidente estadual do partido, Ary Rigo, se preparava para realizar convenção, na qual disputaria a reeleição, mas tudo acabou sendo cancelado pela cúpula nacional.

Aliado a Dagoberto, João Leite Schimidt foi designado pela Executiva Nacional para comandar temporariamente os destinos da legenda. Ele disse que vai convocar uma convenção, ainda este ano, em que Dagoberto finalmente garantirá, oficialmente, o comando partidário.

O deputado Reinaldo Azambuja, que convidou os dois parlamentares a ingressar no PSDB, disse que a direção nacional pedetista não respeitou as bases do partido.

"Foi aí que o PSDB abriu as portas para eles, porque negaram até legenda para que os dois disputassem a reeleição", observou.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions