A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

26/04/2016 12:39

Deputados aprovam reajuste de 11,9% aos servidores do legislativo

Leonardo Rocha
Deputados aprovaram proposta de reajuste, após acordo com os servidores (Foto: Assessoria/ALMS)Deputados aprovaram proposta de reajuste, após acordo com os servidores (Foto: Assessoria/ALMS)

Os deputados aprovaram, em primeira votação, o reajuste escalonado de 11,09% aos servidores do legislativo. Também houve um aumento no auxílio transporte, com o pagamento de quatro passes por dia a cada funcionário. Houve um acordo com o Sisalms (Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa de MS), antes da proposta ser apresentada.

O reajuste será retroativo ao dia 1° de abril em 5,55%, depois a segunda parcela será paga apenas no dia 1° de outubro, com mais 5,54%, chegando então aos 11,09%, que se trata da reposição da inflação, seguindo os dados do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

O presidente da Assembleia, o deputado Junior Mochi (PMDB), explicou que o pagamento escalonado foi escolhido, para que pudesse respeitar o limite prudencial, em relação a folha de pagamento. O auxílio transporte passou de R$ 123,00 para R$ 143,00. Caso haja aumento da tarifa, este valor será reajustado.

Outros - Os deputados também aprovaram outros projetos, como de Renato Câmara (PMDB), que veda o desligamento automático de gestantes, em concursos públicos que exigem testes físicos.

Assim como a matéria de Márcio Fernandes (PMDB) que o inclui o tema “Prevenção ao Uso de Drogas Ilícitas” nas disciplinas da grade curricular das escolas da rede estadual e de Felipe Orro (PDT), que acrescenta o conteúdo sobre Direito Constitucional e Ambiental.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions