A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/08/2013 10:10

Deputados reabrem, após 35 minutos, sessão encerrada por falta de quórum

Aliny Mary Dias e Leonardo Rocha

A primeira sessão da Assembleia Legislativa após a volta do recesso foi marcada por pressão dos deputados para que o presidente da casa, Jerson Domingos (PMDB), voltasse atrás e retomasse os trabalhados encerrados por falta de quórum na manhã desta quinta-feira (1º).

Marcada para às 9 horas como o de costume, nenhum deputado estadual foi pontual e compareceu ao plenário. Gerson esperou, sozinho, a chegada dos parlamentares durante 15 minutos, mas ninguém apareceu e a sessão teve de ser encerrada por falta de quórum.

O único a assinar a lista de presença do dia foi o deputado Osvani Ramos (PTdoB). Após o encerramento, Domingos foi para a sala de reunião e o plenário ficou vazio. Com meia hora de atraso, alguns deputados chegaram ao plenário e pressionaram para que a sessão fosse reaberta.

Amarildo Cruz (PT), Eduardo Rocha (PMDB), Dione Hashioka (PSDB), Felipe Orro (PDT), Rinaldo Modesto (PSDB), Cabo Almi (PT) e Pedro Kemp (PT) pressionaram a presidência até que a sessão foi reaberta às 09h50.

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


Nossos "representantes" nos causam nojo, vergonha, revolta, indignação e todos os sentimentos de repúdio que temos. Este recesso é uma vergonha, uma desonestidade, uma cretinice que não tem tamanho! E ainda, no dia de retornar, têm a cara de pau de não comparecer no horário certo. Gostaria de lançar uma campanha "NÃO À REELEIÇÃO DESTES DESONESTOS!" (por favor publiquem hoje este meu desabafo.) Cadê a justiça? Se nós, trabalhadores atrasammos, nosso dia é cortado e destes senhores desonestos? Por que não é cortado?
 
Gláucia Chaves Brito em 01/08/2013 15:53:00
Ninguém termina nada se não começou. Recesso, temos que acabar com essa malandragem.
 
luiz alves em 01/08/2013 11:28:49
Pois é! Enquanto isto, nós simples mortais trabalhadores, se chegamos atrasados ou se faltamos ao trabalho, temos o "ponto cortado", perdemos o dia de salário, somos punidos, somos demitidos, etc, etc. Enquanto isso, esse bando de desocupados "deita e rola"recebendo as custas do nosso suor.
 
Fernando Silva em 01/08/2013 10:52:35
ABSURDO,RECEBEM ALTOS SALARIO E NÃO CHEGAM EM PONTO!!!
 
RAFAEL ALVES em 01/08/2013 10:19:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions