A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

06/11/2009 10:24

Dilma vai cobrar "responsabilidade" do PT sobre alianças

Redação

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, aposta as fichas em reunião marcada para a próxima terça-feira para convencer o PT a apoiar o PMDB nos Estados.

Haverá encontro entre representantes dos diretórios estaduais do PT, deputados, senadores e o Grupo de Trabalho Eleitoral, quando a pré-candidata á presidência deve cobrar do PT "responsabilidade" para perder o apoio dos peemedebistas aos seus planos pela presidência em 2010, revela reportagem de hoje do jornal o Estado de São Paulo.

Dilma vai tentar enquadrar os membros do partido e garantir a desistência de projetos em estados como Mato Grosso do Sul, onde a candidatura própria ao governo, com Zeca do PT na disputa, pode impedir palanque do PMDB para a pré-candidata durante a campanha.

Na quarta-feira, dirigentes do PMDB deram um ultimato aos petistas e disseram que precisam do apoio do PT a seus candidatos em cinco Estados: Minas, Rio, Ceará, Pará e Mato Grosso do Sul.

Em tom de advertência, o grupo afirmou que, se o PT "roer a corda" em apenas dois Estados, a parcela do PMDB favorável à candidatura do governador José Serra (PSDB) - hoje minoritária - poderá atrair descontentes e ganhar "de virada" a convenção do partido, em junho, informa o Estadão.

Amanhã, Dilma faz mais uma tentativa de aproximação com a base. Ela é convidada de honra do encontro de prefeitos do PT, que será realizado em Guarulhos (SP). O prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha, já confirmou presença.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions