A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

18/09/2014 22:31

Dom Dimas apresenta protocolo de intenções com 10 propostas a candidatos

Ludyney Moura
Dom Dimas, ao lado dos candidatos, apresentou protocolo de intenções aos postulantes ao cargo de governador do Estado (Foto: Marcelo Calazans) Dom Dimas, ao lado dos candidatos, apresentou protocolo de intenções aos postulantes ao cargo de governador do Estado (Foto: Marcelo Calazans)

O debate promovido pela Arquidiocese de Campo Grande, em parceria com a UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), terminou há pouco, antes do previsto. Os candidatos ao Governo do Estado evitaram ataques pessoais e ouviram propostas apresentadas pelo arcebispo Dom Dimas Lara Barbosa.

Dom Dimas apresentou um protocolo de intenções aos participantes do debate. As propostas são consideradas pela Igreja Católica como “requisitos mínimos aos candidatos”, e depois de assinadas, ou não, pelos postulantes, serão registradas em cartório.

O próprio arcebispo apresentou o protocolo de intenções. A primeira proposta foi o pedido para que os candidatos usassem a lei da ficha limpa na escolha de servidores e assessores, e dessem transparência às ações de governo. Os católicos também pediram escolas de tempo integral em todas as regiões do Estado.

Outros temas apresentados foram a defesa da vida, no qual pedem a criminalização do aborto, o que não foi aceito por PSOL e PSTU, o reconhecimento da família como núcleo base da sociedade. Sobre o conflito indígena, Dom Dimas cobrou uma solução justa e pacífica, e não unilateral.

Entre as propostas da Arquidiocese também estão investimentos em saúde pública, saúde mental, com programas específicos para dependentes químicos, apoio, inclusive financeiro ao terceiro setor, ações de apoio à economia familiar e políticas públicas voltadas para os jovens.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions