ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEGUNDA  25    CAMPO GRANDE 

Política

Duas semanas após falar da mãe de Bernal, vereador reaparece na Câmara

Roberto Durães (PSC) falcou que conhecia mãe do prefeito "no silêncio dos edredons"

Por Mayara Bueno e Alberto Dias | 17/05/2016 11:28
Duas semanas após falar da mãe de Bernal, vereador reaparece na Câmara

De volta à sessão na Câmara Municipal depois que disse que conhecia a mãe do prefeito Alcides Bernal (PP) “no silêncio dos edredons“, o vereador Roberto Durães (PSC) reiterou pedido de desculpas pelo comentário, que causou repercussão negativa e protestos na casa de leis.

Um dia depois de a gravação ter sido divulgada, Durães apareceu no Legislativo Municipal, pediu desculpas e sai logo depois. Desde então, aparecia na Câmara, mas nas sessões, que acontecem de terça à quinta-feira. Hoje, ele explicou tinha compromissos externo, como a participação na Caravana de Saúde.

“Eu já pedi perdão ao filho daquela senhora, mas o prefeito eu vou continuar indo para cima na tribuna”, disse à reportagem do Campo Grande News. O parlamentar, que assumiu o mandato somente pela cassação de Thais Helena (PT), teve sua fala retirada da ata da casa de leis, a pedido dele. Do partido, onde acabou de entrar, recebeu apenas uma advertência pública. 

O vereador ainda disse que, se encontrasse o prefeito, pediria perdão novamente. “Eu não tive a intenção de agredir uma mulher maravilhosa, tradicional dos bons costumes, uma mãe, que é santa”. Durães disse que não recebeu, até então, nenhuma notificação da Justiça. O prefeito havia prometido acioná-lo judicialmente.

Em um aparte na fala do vereador Francisco Almeida Telles, o Chiquinho (PSD), que discursava sobre um projeto, Durães criticou o prefeito, como quase sempre faz, mas falou sobre a mãe de Bernal, dizendo que a conhece muito bem e ainda no silêncio dos edredons.

Embora tenha pedido desculpas, o parlamentar reclamou da repercussão negativa de sua fala, dizendo que, hoje em dia, existe uma indústria do ódio. “Mas, estou tranquilo, muito tranquilo, pois já perdi perdão”. Também disse ter achado de “extrema maldade” comentários de a mãe do prefeito assiste às sessões da Câmara. “Você acha que ela assiste”, questionou.

*Matéria editada para acréscimo de informação às 12h22.