A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

24/06/2008 11:41

Educação especial: docentes ficarão 15 dias sem salário

Redação

Os professores cedidos às instituições de educação especial podem ficar 15 dias sem receber salário. Segundo orientação da Secretaria Estadual de Educação os contratos serão interrompidos em julho, mês em que acontece o recesso escolar.

Mas a maior parte das instituições mantém as atividades de avaliação, planejamento e até atendimento aos alunos durante aquele mês. Para contornar a situação, os deputados Pedro Kemp (PT) e Youssif Domingos (PMDB) apresentaram nesta terça-feira uma indicação pedindo a antecipação da convocação para o 2º semestre dos professores cedidos às instituições de educação especial.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions