A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Março de 2019

05/02/2019 13:21

Em ano sem eleição, deputados valorizam espaço em comissões

Os dois blocos formados já indicaram representantes, restando apenas o PSDB definir os nomes para cada comissão

Leonardo Rocha
Deputados Londres Machado (PSD), Herculano Borges (SD), Gerson Claro (PP) e Evander Vendramini (PP), durante sessão (Foto: Assessoria/ALMS)Deputados Londres Machado (PSD), Herculano Borges (SD), Gerson Claro (PP) e Evander Vendramini (PP), durante sessão (Foto: Assessoria/ALMS)

Em ano sem eleição, os deputados vão valorizar o espaço nas comissões da Assembleia, que tratam de diversos temas como orçamento, agricultura, educação, saúde, segurança e obras. Eles formaram dois blocos, além da bancada do PSDB, e já indicaram os integrantes que farão parte dos grupos de trabalho.

A principal comissão da Casa de Leis, a CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), já tem quatro integrantes definidos: Lídio Lopes (Patri), José Carlos Barbosa (DEM), João Henrique Catan (PR) e Gerson Claro (PP). Os tucanos vão indicar amanhã (06) o seu representante no grupo.

Outras comissões importantes também já estão praticamente formadas, esperando apenas os indicados do PSDB. Na Infraestrutura, que fiscaliza e acompanha as obras do governo estadual, já estão Neno Razuk (PTB), João Henrique Catan (PR), Jamilson Name (PDT) e Cabo Almi (PT).

Para segurança pública, área que está em discussão em nível nacional, ficou Carlos Alberto David (PSL), Renan Contar (PSL), Cabo Almi (PT) e José Carlos Barbosa (DEM). “Este é o setor que tenho mais experiência e que foi meu foco na campanha, natural que faça parte deste grupo de trabalho e possa acrescentar na discussão”, disse David.

Na saúde, já estão indicados Antônio Vaz (PRB), Lucas de Lima (SD), Renato Câmara (MDB) e Cabo Almi (PT). Para comissão orçamento, estão os deputados Lucas de Lima (SD), Evander Vendramini (PP), Márcio Fernandes (MDB) e Eduardo Rocha (MDB). Este grupo é importante na avaliação das emendas que serão encaminhadas para LOA (Lei de Orçamentária Anual).

Importância – Estarão na comissão de agricultura e pecuária Renato Câmara (MDB) e Márcio Fernandes (MDB) Evander Vendramini (PP) e Renan Contar (PSL). Fernandes vai tentar ser presidente do grupo e ponderou que já iniciou conversas com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, no qual tem boa relação.

“Acredito que pela proximidade política com a Tereza (Cristina), poderemos ter uma atuação de maior destaque nesta comissão, já que teremos o contato direto com o Palácio do Planalto. Inclusive já me adiantei, enviando pedidos para ministra”, disse o emedebista.

As 16 comissões permanentes serão fechadas amanhã (06), quando os tucanos indicarem um representante para cada grupo de trabalho. Depois de definidos os integrantes, cada uma define o presidente e vice, que vão conduzir as reuniões e sessões na Assembleia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions